quarta-feira, 25 de agosto de 2021

O HOMEM DA TARJA PRETA

A revista Piauí iria publicar em breve uma nova reportagem sobre Marcius Melhem. João Batista Jr., o mesmo jornalista que assinou uma matéria devastadora sobre as acusações de assédio ao humorista na edição de dezembro passado, já tinha pronto o texto, cheio de novas revelações. Mas Melhem entrou na Justiça e conseguiu que a Piauí sofresse censura prévia. Nada pode ser publicado "pelo tempo que durarem as investigações". Mesmo assim,  Batista Jr. divulgou um trecho do artigo, com as partes mais sensíveis devidamente tarjadas. Pelas palavras que sobraram ("num flat", "banheiro"), dá para imaginar cenas cabeludíssimas. Talvez piores do que as que são de fato descritas...

18 comentários:

  1. Novas revelações para quê? Ele já perdeu o programa, já está sendo processado. Em que esse tipo de matéria vai acrescentar?
    Lembro de muito tempo atrás em que a parte rica mandava, pagava para publicar as coisas mais horrorosas dos desafetos.
    Tem muita pauta relevante além de um global fdp.
    Todo mundo tem direitos, até os criminosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadinho dele né, ele pode assediar e até estuprar (who knows?), mas não pode ter uma nova matéria publicada?
      coragem pra ter enviado esse comentário ridículo

      Excluir
    2. Ridículo é você que acha que um criminoso deve ser execrado em praça pública eternamente. O assunto já está na esfera correta: justiça. Todos temos direito à honra inclusive quem cometeu crimes. Ele tem pagar pelo que cometeu. Isso não inclui um ser humano desprezível tipo você, ler os detalhes sórdidos, por diversão.
      Isso até constrange a vítima.

      Excluir
    3. execrado onde manézão? ele é rico, vive em condomínio com seguranças, ele tem o poder do dinheiro e ainda da influência pois muita gente come na mão dele ainda, tanto que até agora poucos falaram favorável a Dani e as outras supostas vítimas, menos do que deveriam, a única que mais falou foi a Maria Clara Gueiros
      Olha as asneiras que você escreve mano, falando que eu sou desprezível por gostar de ler detalhes sórdidos?
      Você é um idiota, você sabe quais são um dos princípios da administração pública que inclui também justiça? publicidade é uma delas, é de direito da população saber dessas coisas, inclusive de direito da imprensa de publicar livremente

      Excluir
    4. O art. 234-B do Código Penal determina o segredo de justiça nos processos de apuração dos crimes contra a dignidade sexual, não fazendo distinção entre vítima e acusado. Deve o processo correr integralmente em segredo de justiça, preservando-se a intimidade do acusado em reforço à intimidade da própria vítima.
      Quando for chamar alguém de manezão, ou burro, procura um espelho.

      Excluir
  2. Anônimo 25 de agosto de 2021 20:36 - Comentário típico de gay que tem a fantasia do chefe o assediando. As mulheres em sua maioria esmagadora não tem esse fetiche.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH,ELAS NÃO TEM????????Algumas,pelo menos.

      Excluir
    2. Vai tratar dessa homofobia internalizada, filho.

      Excluir
    3. Anônimo 26 de agosto de 2021 22:10 - Algumas, obviamente, não é a maioria.

      Excluir
    4. Anônimo 27 de agosto de 2021 14:09 - Quem tem homofobia internalizada? Você? Sorte no seu tratamento.

      Excluir
    5. Não, é você mesmo que insinuou que o outro só por ser gay teria fetiche em "fantasia do chefe o assediando" quando claramente o comentário dele não apontava nada disso. Parece comentário de hétero que usa da sexualidade dos outros para depreciar alguém.

      Excluir
    6. Anônimo 27 de agosto de 2021 18:46 - Você está louca querida! E eu não insinuei. Eu afirmei o que está obvio e escrito. Se a senhora não vê o problema é seu.

      Excluir
    7. Tratando no feminino igual os héteros fazem, vendo coisas onde não existem, e eu que sou louco rs

      Excluir
    8. Anônima 28 de agosto de 2021 15:42 - Fiz isso para te provocar. Disso você pode reclamar, do resto todo não.

      Excluir
  3. Sinceramente, por mais que haja curiosidade mórbida em saber de mais detalhes do caso, o cara já foi condenado socialmente mesmo. Agora a questão é dele com a justiça. Independente do que seja revelado para o público, acho que isso não vai ajudar muito na situação das vítimas. O que me incomoda é a censura recente das reportagens que iriam revelar podres das empresas investigadas na CPI da pandemia. Isso sim é preocupante.

    ResponderExcluir
  4. 07:24 Ô leitor de mentes, a maioria das mulheres tem VERGONHA de denunciar, porque não querem ser expostas. Detalhes sórdidos só aumentam essa situação.
    As pessoas estão banalizando situações, daí quando aparece um caso como Mariana Ferrer não acreditam mais. Isso sem falar que todo dia tem notícia de feminicídio.
    Tem um cara aí insinuando que Who knows ele não estuprou. Isso banaliza o assunto. O Who knows cabe a vítima, não comentarista de blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feminicídio?O cara não matou ninguém.kkkkkkk

      Excluir
  5. Ih quanta gente falando pelos outros aqui.

    ResponderExcluir