quarta-feira, 7 de julho de 2021

IMPOR O SEU COSTUME

"É o cartão de visita dele", riu o Bozo, referindo-se à saída do armário de Eduardo Leite na noite anterior. Esta frase foi repetida à larga pela imprensa e até provocou uma reação minha nas redes: ser gay é um cartão de visita muito melhor que fazer arminha com a mão e falar merda (para não falar na rachadinha, na propina das vacinas, etc. etc.). Mas a frase seguinte do Pequi Roído passou meio batida. “Ninguém tem nada contra a vida particular de ninguém, mas querer impor o seu costume, o seu comportamento para os outros, não”, bramiu o Despreparado, querendo pagar de moderno. Só que não tem ninguém querendo "impor o seu costume" para ninguém. Eduardo Leite não exortou nenhum hétero a fornecer o rabicó, nem aliciou criancinhas para o Vale dos Homossexuais. O que o Minto quis dizer é que, para ele, ser homofóbico é um direito alienável. Ninguém tem o direito de lhe cobrar respeito e tolerância, pois ter horror aos LGBT+ seria mera questão de opinião. O comportamento que estaria sendo imposto é o reconhecimento da plena cidadania da bicharada e afins. Ou seja: Biroliro continua tão asqueroso como sempre. Sem falar na rachadinha, na propina das vacinas, etc. etc.

5 comentários:

  1. Esperar o que do LIXO SUPREMO?

    ResponderExcluir
  2. É melhor chamá-lo de "Não vale um pequi roído"

    ResponderExcluir
  3. Quem com porcos se mistura, farelo come. A bicha branca bancada por JPL sabia muito bem.

    ResponderExcluir
  4. Claro que o Bozo é o mesmo de sempre. Mas difícil ter dó do Leite. Votou no Bozo, tirou foto com ele. Acho merecido

    ResponderExcluir
  5. O Mio Babbino Caro
    Bolsonaro supera qualquer pesadelo de indecência na Presidência, porém foi escolhido literalmente a dedo (17), também por muitas mulheres, negros e Gays. Como esse que agora é usado de chacota. Sinceramente a cara, o gesto, o sorriso...o Senhor Bolsonaro me causa nojo, me dá nojo essa risada, esse olhar de lado tentando demonstrar alguma razoabilidade em seus discursos porém foi conduzido a essa posição. Eu só consigo continuar por que sei que nunca,nunca todo aquele processo que nos trouxe essa figura abjeta me convenceu e quem somente pulou do barco na hora de decidir entre Haddad e Bolsonaro é somente uma versão desbotada de Bolsonaro que contribuí para esse Brasil assassino de Negros, Mulheres, Índios, Gays e entreguistas. E tenho dúvidas se mesmo assim depois desse pesadelo terão vergonha na cara e perderão suas empáfias.

    ResponderExcluir