domingo, 20 de junho de 2021

500 MIL MORTOS

Perdão pela falta de originalidade do título deste post. Os maiores jornais do país também o estamparam em suas manchetes deste domingo, com uma ou outra variação. Esse número é avassalador e incontornável, e mesmo assim tem gente no desgoverno do Edaír tentando contorná-lo. Fábio Faria, ministro das Comunicações, mostrou que não é do ramo ao postar o tuíte ao lado, que fala em comemorar os 18 milhões de curados. Para começar, o dado está errado: são 16 milhões e tanto de vítimas brasileiras de Covid que não foram a óbito. Dizer que estão todas curadas é um exagero gigantesco: muito gente tem sequelas graves, e algumas terão pelo resto da vida. Fora que não teríamos tantos supostamente curados se não tivéssemos tantos infectados: estamos nos aproximando rapidamente do momento em que um em cada 10 brasileiros contraiu o novo coronavírus, o que é uma taxa de infecção absurda sob qualquer parâmetro. E por que tanta gente se infectou? Porque o Minto foi contra o lockdown e as máscaras, porque promoveu a cloroquina e porque atrasou quanto pôde a compra de vacinas. Os maiores culpados por essa tragédia são ele e a corja de incompetentes e apaniguados que o cerca (o sr. Patrícia Abravanel, é bom lembrar, foi um entusiasmado apoiador de Dilma Rousseff). Eles não torcem pelo vírus: eles agem efetivamente para que o Sars-CoV-2 se espalhe o mais rapidamente possível, por toda a população. É por isto que as ruas se encheram mais uma vez neste sábado. A imprensa destaca que os atos foram convocados pela esquerda, mas muitos manifestantes - eu, inclusive, novamente na avenida Paulista - não são de esquerda. Impressionou, aliás, a quantidade de parentes de mortos pela Covid, segurando cartazes lamentando a perda de pais, irmãos e amigos. Taí uma batata quentíssima para o Biroliro: esse meio milhão de mortos deixou muitos milhões de desconsolados, que dificilmente votarão no Genocida no ano que vem. O birolismo não está conseguindo nenhum novo adepto, só perdendo antigos, e isto lhe será fatal.

17 comentários:

  1. Esse Fábio Faria diz muito sobre a política brasileira. Milionário nordestino, político irrelevante, conhecido nacionalmente por namorar subcelebridades e casar com uma das filhas sem graça do Sílvio Santos. Um detalhe aterrador, a sua irmã blogueira ou algo assim, demitida a por postar fotos de viagem enquanto era funcionária inútil em alguma estatal, foi premiada com um salário de R$ 17.000,00 por mês no Metrô de....São Paulo! O Bolso-Dória não foi só um fato isolado e esquecível. Os políticos se ajudam para colher lá na frente, pra eles não tem essa de esquerda ou direita . Os que caminham na Paulista hoje são aqueles que apoiavam o outro lado.

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Te juro que tudo isso me embrulha o estômago.
    "Todo mundo sabia que Bolsonaro era a favor da tortura"

    ResponderExcluir
  3. "A imprensa destaca que os atos foram convocados pela esquerda", e foi mesmo. A direita que convocou? A direita destrói o país e a esquerda terá que reconstruir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente parem de ser idiotas, ou vcs acreditam na inocência de palloci,José dirceu dentre tantos outros do Pt ( não tem inocentes na política do Brasil)

      Excluir
    2. 03:11 O que é um Zé Dirceu, um Palloci, diante da ameaça de um Bolsonaro à liberdade individuais, diante da moral e respeito às minorias. Qual a voz dos LGBTIA+ para esse governo. Esse é o poder do Macho Escroto que fora ele não há nada. É muito difícil entender isso ou vão ficar gritando é o PT é o PT até o final dos dias. Não dá mais. Tomem vergonha na cara!
      G-

      Excluir
    3. Mas dizer que à esquerda nos salvou, querido o judiciário fez alguma coisa, os políticos não! E as gays do mundo estão cada vez mais ricas e influentes ( à esquerda socialista matou gays tanto em Cuba quanto na Rússia)

      Excluir
    4. Nós temos que lutar por nós mesmos, votar em políticos gays sérios e não pq o boy é bonito, estudar e se impor, parar de transar no meu da rua na parada gay e entender que aquilo é carnaval, mas é sério ( deixa a putaria para o quarto e não no meio da rua , até eu que sou gay , achei o fim aquilo) e olha que gosto de putaria . O judiciário nos ajudou, o Pt nao

      Excluir
    5. Anônima 21 de junho de 2021 22:31 - O judiciário se cagou quando deveria cumprir a lei. É por isso que estamos nessa situação. Agora está tentando remediar a merda.

      Anônima 21 de junho de 2021 10:01 - José Dirceu, Antonio Palocci? Tá em que ano bee? Tá sequelada? Esperando o candidato da direita liberal? Não tem. Foi essa direita que abraçou o capeta.

      Excluir
    6. Que eu saiba quem votou pelo casamento gay foram os ministros do STF ! E que memória fraca é a sua, só provaram que eram apenas iguais os que já estavam lá ( revolução dos bichos)

      Excluir
  4. Primeiro ele é um oportunista, namorou anos a Sabrina sato e depois a abandonou pois a atual esposa era melhor para o eleitorado e sua carreira política, e voltando a pandemia, padre Fábio de Mello exemplificou bem: Minha mãe não é um número, quem
    Perdeu os seus sabe a dor que é.

    ResponderExcluir
  5. A Dilma saiu porque ameacou acabar com a festa did banqueiros mas olha a humanidade decepciona somos um animal burro egoista (egoísmo também é burrice a sociedade é interligada se eu machuco o outro pioro a qualidade de vida pra todos) rezando pra uma invasão alien matar todos os humanos e salvar o planeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a humanidade é podre e não tem mais salvação, agora só a extinção resolve. Tem que começar do zero outra vez.

      Excluir
    2. A Dilma era uma tonta, não roubou nada, mas era usada pela gangue do Pt ( quanto aos bancos vc tem razão, nos EUA tem
      Mais de 200 bancos e no Brasil tem 5 ou 6 ditando as regras e nos fazendo de idiota com o aval dos nossos políticos)

      Excluir
  6. #FORABOLSONARO
    #FORALULA
    #FORADORIA
    #FORACIRO
    #FORAAMOEDO

    E #FORAFDP de políticos brasileiros. Cambada de fdp. Tudo farinha do mesmo saco. Cansado da cambada de ladrões!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na hora de votar a nova lei da improbidade esquerda e direita votaram de mãozinha dada, 408 votos a favor da blindagem dos políticos, só o PSOL ficou fora.

      Excluir