quinta-feira, 20 de maio de 2021

DESMASCARANDO O EUROVISION - 2

Ouvi todas as músicas que concorrem no Eurovision deste ano antes que o festival começasse. Baixei algumas, apesar de não ter me apaixonado por nenhuma. Hoje, assistindo à segunda semi-final do festival, gostei de algumas que não haviam me impressionado só em áudio (afinal, o torço se chama EuroVISION, não Euroaudio). A mais divertida é "10 Years" da banda islandesa Daði og Gagnamagnið. Os caras parecem estar tirando sarro de si mesmos, talvez inspirados pela maneira como a Islândia foi achincalhada no filme "Eurovision'. O que é essa dancinha? E a gorda de óculos? E o vento nos cabelos? Apenas sublime. Também me esbaldei com "Loco Loco" do trio sérvio Hurricane, formado pelo que parecem ser modelos fitness. A música é aquela dance genérica típica do festival, mas as moças realmente se esforçam. E a letra é em servo-croata, o que sempre ganha pontos comigo.
Também merece destaque o showzinho do intervalo, uma coreografia beyond homossexual chamada "Close Encounters of a Special Kind", dançada por Ahmad Joudeh e Dez Maarsen. Pra quê a bicicleta? Pra quê o corpo de baile? Bastava o rapagão de dorso nu e saia de lamê.

6 comentários:

  1. Vc tá chamando as modelos fitness de putas, né sua moralista safada 😂

    ResponderExcluir
  2. Cheri, estive em Belgrado para o trabalho semana retrasada e fui reviver essa experiencia quase nostálgica de beber em um bar gay. Comentei com os servios que adorava as slut songs das balcãs do Eurovision e eis que um servio vira para mim e manda "Você sabe que a gente competiu um ano com uma musica sobre o Brasil?"

    Com vocês, Bebi Dol com Brazil, canção da IUGOSLAVIA para o Eurovision 1991.

    https://www.youtube.com/watch?v=lasJdRQbVfY

    Servia S2 Brasil ;D

    Fer

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Adoro Mascagni...

    ResponderExcluir
  4. Você nao sabe quem é Ahmad Joudeh?

    ResponderExcluir