quarta-feira, 21 de abril de 2021

AGRIÃO COREANO

Consegui ver "Minari" numa cabine virtual promovida pela distribuidora do filme no Brasil. Talvez ele estreia nesta quinta, em cidades que têm cinemas abertos: vai saber. No domingo, deve ganhar pelo menos um Oscar - o de atriz coadjuvante, para Yuh-Jung Youn, que tem na Coreia do Sul o status que Fernanda Montenegro tem no Brasil. O título misterioso se refere a uma espécie de agrião coreano, que cresce na beira dos rios e é muito resistente. Uma metáfora para a família de emigrantes que tenta erguer uma fazenda no meião dos Estados Unidos, contra a barreira cultural, a falta d'água e de dinheiro e até o clima impiedoso. O ator que faz o pai, Steve Yeun, também está indicado ao Oscar, mas quem mais se parece com um protagonista é o garotinho Alan Kim, ladrão de todas as cenas de que participa. A história em si é muito simples, e quem tem pais ou avós que nasceram fora do Brasil certamente vai se identificar. Eu esperava um impacto maior, até porque a concorrência é fortíssima. Mas é um bonito filme, e ainda deixa a gente com vontade de comer minari.

6 comentários:

  1. Oi Tony! Boa tarde. Gostaria de sugerir o filme Lapso Temporal, do Prime Vídeo. Achei o roteiro engenhoso e com um plot twist interessante. Abraço
    P.S mandei por aqui porque não tenho o seu e-mail.

    ResponderExcluir
  2. Foi essa senhora que ganhou o Screen Actors Guild Awards e fez uma cara que virou meme, não foi?

    ResponderExcluir
  3. Tony, vc fez resenha do "Agente Duplo", aquele documentário chileno que está no Oscar? Procurei aqui e não achei. É liiiiindo, e mais ainda para quem mora com (ou tem) mãe idosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá aqui, ó:
      http://www.tonygoes.com.br/2020/12/de-pe-cinefilos-da-terra-2.html?m=1

      Excluir
    2. ah legal, valeu! Vi que vc não gostou, mas te entendo. Bjs.

      Excluir
  4. Fernanda Montenegro injustiçada daquele Oscar, tem vídeo de atores americanos falando isso.

    ResponderExcluir