sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

BASCULHO

Daniel Silveira era um Biroliro-wannabe. Tudo em sua trajetória lembra a do Despreparado: a indisciplina frequente enquanto foi PM, as malandragens, a total ausência de ideias construtivas. E, acima de tudo, a verborragia. O brucutu aprendeu rápido que falas e atitudes ultrajantes ganham espaço na mídia e nos corações do gado de extrema-direita. Foi eleito deputado federal depois de rasgar uma placa em homenagem a Marielle Franco, mas nunca exerceu grande atividade parlamentar. Preferia se comportar como um youtuber, gravando vídeos lacradores para puxar o saco do Pau Fino. Achou que nada lhe aconteceria ao xingar o STF num desses vídeos, ou que só seria preso por uma noite e sairia ainda mais bombado. Hoje se debulhou pedindo desculpas, mas não adiantou nada. A Câmara decidiu, por mais de 100 votos a mais do que o necessário, mantê-lo no xadrez. Reinaldo Azevedo torce para que ele não seja cassado antes de ser julgado. Caso contrário, perderia o foro privilegiado, e seu caso cairia para a primeira instância. No Supremo, as chances do troglodita são menores que zero. Daniel Silveira encarna à perfeição a palavra "basculho", que, aqui no Sudeste, aprendemos esta semana como Gil do BBB 21: o puro suco do lixo humano. É assim que se faz: ameaças à democracia precisam ser estranguladas no ninho. E era assim que tinha que ter sido feito há mais de 20 anos, quando um deputado desimportante disse na TV que o presidente FHC merecia ser fuzilado e que o problema da ditadura militar foi ter matado pouco.

19 comentários:

  1. Muito bom texto Tony. Compactuo de suas opiniões.

    ResponderExcluir
  2. Esse brucutu horroroso é inacreditável. Além do perfil "O Deputado Marombado" na revista Piauí, buscando no google vi que o maluco já propos um projeto fundamental no Congresso (não dá pra acreditar, mas é verdade), em 2019:

    "Deputado da placa de Marielle quer sessão solene pró-fisiculturismo"

    Ideia é encher a Câmara com praticantes da modalidade
    Por Evandro Éboli
    30 jul 2020, 19h20 - Publicado em 4 nov 2019

    Já conhecido por ter quebrado a placa de Marielle Franco e invadido as dependência do Colégio Pedro II no Rio, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) quer uma sessão solene na Câmara em homenagem ao fisiculturismo.

    Quer essa prática nas Olimpíadas...

    COMO DIZIA A CANÇÃO, QUE PAÍS É ESSE? MEU DEUS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ver como ele é uma pessoa muito ocupada. Já pensou? Mudaria o rumo do país e ganharíamos todas as guerras com o nosso exército de bombadões gritando "This is Sparta!"

      Excluir
    2. Será que é viado enrustido?

      Excluir
    3. Deve ser viado sim e provavelmete seguidor do Jack Donovan.

      Excluir
    4. Anônimo 20 de fevereiro de 2021 19:44, nem sabia quem era esse ser que você citou. Deve ser seguidor mesmo de white trash.

      Excluir
  3. Em relação a ter quebrado a placa da Marielle foi de uma extrema covardia,apesar da placa ser ilegal,mas não é papel de deputado fazer isso pessoalmente e sim de uma autoridade competente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem contar que representa um gesto de apoio aos assassinos.

      Excluir
  4. E quem mandou matar Marielle?

    ResponderExcluir
  5. Quis lacrar pra horda de canalhas que compõem o bolsonarismo e bancar o valentão pra cima dos demais, mas demonstrou na prática aquele ditado que diz "cão que ladra não morde". Bravo no discurso e covarde nas atitudes, bem o estilo do cafetão/chefe/ídolo-mor dele, o Bozossauro. Agora só faltam Carla Zambellli, Bia Kicis, Carluxo e o resto da tropa de choque terem o mesmo destino.

    ResponderExcluir
  6. O Mio Babbino Caro
    Está tudo dentro do contexto do Presidente eleito.
    "Vocês dão taça de veneno e quer suflair" (R)

    ResponderExcluir
  7. Tony se lembrou da ameaça de morte ao phynissimo FHC e do “a ditadura matou foi pouco”, mas omite a mais icônica de todas: “vamos fuzilar a petralhada”. Icônica porque foi feita com uma metralhadora em mãos e devidamente filmada, fotografada e muito mais amplamente divulgada nas redes sociais. Bem... o Tony de dúzias de posts anti PT registrados aqui mesmo em seu blog e ilustre e orgulhoso participante da manifestação na Paulista no dia 14/03/2016 patrocinada em rede nacional pela atual chamada “globolixo” rsrs ao lado dos evanjas e dos mesmos proto fascistas que hoje critica. Por hora, sem mais comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembrei dessa porque foi a primeiríssima declaração ultrajante do Biroliro. Se o mal tivesse sido cortado pela raiz ali mesmo, hoje ele estaria preso e/ou esquecido.

      Mas deixamos barato, e o resultado foi uma enxurrada de falas absurdas. A do "vamos fuzilar a petralhada" também é um horror, assim como "prefiro um filho morto a um filho gay", "você não merece ser estuprada" e tantas, tantas outras.

      Não precisa dizer que eu tenho dúzias de posts anti-PT registrados aqui mesmo no blog: não é segredo nenhum, nunca apaguei nada e - adivinha - não me arrependo nem mudei de ideia. Continuo não votando no PT, um partido que finge que Cuba e Venezuela não são ditaduras, e que tem alas que gostariam de fazer o mesmo por aqui.

      Sim, fui a mais de uma manifestação, mais por curiosidade, mas também bati panela contra a Dilma, que foi uma péssima presidente. Mas nunca, jamais, em tempo algum, apoiei o Biroliro ou disse que votaria nele para "pelo menos nos livrarmos do PT". Inclusive, votei no Haddad no segundo turno de 2018, e votaria até no demônio contra o Bozo.

      Este é o problemas de petistas como você: um ressentimento insuperável, só porque alguém não acha que o Lula seja um santo, e uma cegueira total na hora de juntarmos forças para derrubarmos um inimigo comum.

      Excluir
    2. Em primeiro lugar não sou petista, até porque sou monarquista, embora não apoie nenhum dos atuais descendentes.
      E, segundo lugar, Dilma foi excepcional em seu primeiro mandato, foi quando chegamos a sexta economia do planeta e o desemprego atingiu seu menor índice histórico, foi o ápice do Brasil na história, foi até mais notável que o Lula. As coisas complicaram com sua vitória no segundo turno, não sendo aceita por Aécio, passou a valer o quanto pior melhor, a sabotagem sistemática para justificar um impeachment perante a opinião pública, a paralisação do congresso, as pautas bombas, campanhas da atualmente conhecida emissora como “globolixo” e seu impeachment inconsistente por pedaladas fiscais devido a recursos temporários da CEF para garantir subsistência para os R$ 90,00 das mães do bolsa família. Pedaladas aliás cinicamente praticadas por TODOS aos governadores e prefeitos do país. Democracia em Vertigem deu uma noção da situação, por pouco não ganhou o Oscar.
      Em terceiro lugar, a relação do Brasil com Cuba e Venezuela eram mais regulares e pragmáticas do que você imagina. A PDVA iria construir uma refinaria em Pernambuco, o porto de Mariel era estratégico e ao contrário do que foi divulgado pelas fake news não foi presenteado, apenas FINANCIADO pelo BNDES e suas parcelas são pagas em dia pelo governo cubano. Sua construção foi exclusiva por empresas privadas brasileiras, essas sim as beneficiárias. Você cogita os EUA exigirem democracia na Arábia Saudita enquanto suas empresas privadas vendem fábulas em tanques e aeronaves de guerra para esse país ? Pragmatismo meu caro...
      Apenas gostaria que você... não admitisse - sua vaidade não chegaria a tanto - mas pelo menos ficasse ciente de que sua orgulhosa coleção
      de posts patológicos anti petistas cimentaram e foram de enorme contribuição a eleição de bolsonaro. Meus Parabéns, vocês da mídia phyna conseguiram parir esse monstro.

      Excluir
  8. Você tem razão, todo mundo tem culpa pela eleição do Biroliro, MENOS os petistas. (** contém ironia**)

    Se Lula tivesse apoiado Ciro Gomes no primeiro turno, ao invés de lançar o semi-desconhecido (pelo resto do Brasil) Fernando Haddad em cima da hora, a história teria sido bem outra. A soberba e a fome de poder de Lula foram cruciais para a eleição do Biroliro. Mas não, a culpa é de quem não achava a Dilma boa presidente, coitadinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciro não iria ganhar. As pesquisas erraram, depois ele foi para a Europa e...

      Excluir
  9. Se vocês da mídia phyna não tivessem cultivado o anti petismo com tanta competência e empenho, que necessidade haveria de Haddad ser obrigado a se aliar a Ciro Gomes ? Quem elegeu Biroliro, foi antes de tudo o anti petismo patológico de vocês. Me lembro e me divirto com seus delírios do PT censurar a mídia... rsrs Dilma sempre tratou seus algozes midiáticos com toda civilidade e elegância de sempre. Hoje vocês merecem as cusparadas do Biroliro e sua claque..,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, finge aí que Lula nunca falou em “controle social da mídia”. Outro dia, perguntaram a ele qual seu maior arrependimento dos anos na Presidência, e ele respondeu que foi não ter implantado o tal controle.

      Excluir
    2. E ele estava errado? A maquina de moer reputações da mídia corporativa (espetacularização de operações policiais), ocorreu durante todo o governo do PT. Sempre aumentando de tom, até a situação que chegamos. Quanto ao lado da direita se se assumiu que eram virgens vestais (de puteiro). Simplificações grosseiras de mocinho e bandido. Quando a mídia corporativa vai fazer sua autocritica? Nunca! Mas ela gestou e pariu o fascismo no Brasil. E quem está embalando a criança é, principalmente, a população mais pobre.

      Excluir