terça-feira, 12 de janeiro de 2021

NEGÓCIO DA ARGENTINA

Pouco mais de um ano atrás, Mijair Biroliro cometeu um dos atos mais irresponsáveis de sua despreparada presidência. O Pau Fino divulgou em seu perfil no Twitter a notícia de que a Honda, a L'Oréal (que obviamente ele grafou errado) e a MWM estavam deixando a Argentina pelo Brasil. Pena que nada disso fosse verdade. Como que um presidente da República solta uma dessas? Ou ele é mal assessorado, ou é mal intencionado - opa, na verdade as duas alternativas são verdadeiras. Ontem chegou o troco. A Ford anunciou que sai do Brasil, mas continua na Argentina e no Uruguai. A culpa não é só do Pandemito, mas o mérito pelas fake news de 2019 também não eram. Agora ele está, para variar, tecendo uma narrativa que o exima de qualquer responsabilidade pela perda de mais de cinco mil empregos. Enquanto isso, Paulo Guedes sonda a chinesa Chery para assumir as fábricas a serem fechadas. Sim, chinesa...

8 comentários:

  1. Os países da Ásia, quando apontam sua mira em um mercado, é para destruir. Copiadoras? Tchau Xerox, a Samsung manda. Navios, Hyundai é a maior. Huawei maior nos celulares. A LG começou fabricando cosméticos, depois fez uma marca barbante de eletrônicos chamada Goldstar e depois virou o que é hoje. A China já produz os próprios navios de guerra e caças. Os japoneses começaram com isso, cópias baratas, cópias boas, liderança tecnológica. Com os carros já está sendo assim, não adianta espernear, Deus queira que os chineses fiquem com as fábricas.

    ResponderExcluir
  2. Aaaaim mas a China é comunista...Quero ver bolsominion dando pirueta pra justificar mais essa...

    ResponderExcluir
  3. Tony, ficou errado no texto: a mentira do mitômano dizia que as fábricas estavam deixando a Argentina pelo Brasil, não o contrário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você ver como meu Alzheimer está avançado. Me avisaram no Facebook que texto estava errado (foi você mesmo?), eu li e reli e não encontrei o erro.

      Já corrigi, obrigado.

      Excluir
  4. Precisamos uniforizar essa terminologia: Pau fino, Bozo etc. Sugiro manter simplesmente "o genocida". Prioridades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor usar: o Bozo Pau Fino e Genocida também conhecido por alguns como Bolsonaro.

      Excluir
  5. O genocida culpou os subsídios dados a Ford. Que eles queriam mais subsídios. E gerou conflito com a Argentina ao anunciar queda do imposto de importação do trigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse papo de que a Ford só queria mais subsídios é TÃO ESQUERDA...

      Excluir