sexta-feira, 6 de novembro de 2020

MAS PARA QUÊ TANTO DINHEIRO?

Em maio de 2018, a produtora O2 me chamou para um trabalho que eu nunca havia feito antes: escrever o roteiro de um documentário. O assunto  de "12 Moedas" nem era muito da minha alçada - a história do dinheiro no Brasil - mas o diretor Renato Rossi, com quem eu rodei alguns comerciais de pasta de dente, achou que eu traria um toque de humor para o projeto. Durante dois meses, tivemos reuniões com historiadores e economistas, e eu usei muito da minha memória dos tempos de hiperinflação. As filmagens aconteceram em agosto, e eu tive o prazer de conhecer pessoalmente FHC, o melhor presidente do Brasil in my lifetime. Seguiram-se muitos meses de montagem, porque o roteiro é só o pontapé inicial: um documentário nasce para valer na ilha de edição. Nossa grande preocupação ao longo de todo o projeto era que o filme não ficasse chato, deixando um tema meio árido acessível para uma garotada que só conheceu o real. Eu também tinha um medo enorme de cometer algum erro épico, confundindo datas ou explicando mal o que é curso forçado. "12 Moedas" ficou pronto no começo do ano e hoje finalmente vem à luz, no canal HBO Mundi, às oito horas da noite. Será reprisado várias vezes e também estará disponível na plataforma HBO GO. Já estou cantarolando mentalmente a música dos créditos finais, uma sugestão minha: "Saco de Feijão", na voz de Beth Carvalho. "De que me serve um saco cheio de dinheiro / Pra comprar um quilo de feijão..."

7 comentários:

  1. Vou reiterar, aplaudindo, pq melhorou, ainda mais, minha sexta feira:" o melhor presidente do Brasil in my lifetime".

    ResponderExcluir
  2. Lula o maior presidente do Brasil (pelo menos desde a redemocratização do Brasil).

    ResponderExcluir
  3. É propaganda política disfarçada mas seu sorrisinho continua lindo! Love u! Bela foto

    ResponderExcluir
  4. Não achei na HBO GO.

    ResponderExcluir
  5. Melhor presidente do Brasil para a classe média e acima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Classe média alta e acima. Para ficar em apenas um exemplo: Estudar em Universidade Federal na época desse senhor era terrível.

      Excluir