sábado, 31 de outubro de 2020

VERDEVALDO SE VAI

Glenn Greenwald me causa mixed feelings. Admiro muito a coragem dele, tanto a de enfiar o dedo na cara dos poderosos como a de expor a linda família que formou ao lado do David Miranda. Mas às vezes ele se acha o fodão do jornalismo investigativo, como se cada reportagem fosse capaz de derrubar governos e mudar o curso da história. Não sou só eu, aliás: nas redações, GG é tido por um pavão. E foi com argumentos de primadonna que ele se demitiu do The Intercept, o site do qual era um dos sócios, alegando ter sofrido censura num artigo que queria publicar sobre Joe Biden (os editores dizem que só queriam uma checagem mais rigorosa). O artigo saiu de qualquer jeito, e depois de lê-lo fiquei com a sensação de que o Verdevaldo simplesmente mordeu a isca que o New York Post lançou ao mar, na tentativa de criar uma "supresa de outubro". O jornal pertence a Rupert Murdoch e declarou apoio explícito à reeleição de Trump. Além disso, as acusações contra Hunter Biden são tão capengas que "se perderam no correio". Não que não tenha coisa aí. Por que o filho do vice-presidente dos EUA teria lugar no board da empresa de gás da Ucrânia? É óbvio que rola uma grana grossa nessa história. Acontece que quem está do outro lado é o presidente mais corrupto, divisivo e inepto da história americana. Greenwald age como alguns amigos meus de esquerda, que exigem pureza absoluta de seus candidatos e fodam-se as consequências. Foi essa atitude de "ãin mas a Hillary não é a presidente dos meus sonhos, eu queria o Bernie Sanders" que ajudou a eleger o Bebê Alaranjado quatro anos atrás. Em 2016, a mídia americana deu uma atenção enorme ao fato da sra. Clinton ter usado sua conta de e-mail pessoal para mandar mensagens relativas à sua função como Secretária de Estado - algo errado, sem dúvida, mas que não chega ao calcanhar da montanha de escândalos que Trump já acumulava. GG acusa a imprensa dos EUA do terrível pecado de querer que Trump seja derrotado e Biden eleito. A minha opinião é bem outra. Biden não é imaculado, assim como ninguém é, mas Trump é alguns bilhões de vezes pior. Mais quatro anos de Trump serão um ferimento mortal à democracia no mundo inteiro. Mas isso incomoda menos o Verdevaldo do que uma edição em seu texto.

21 comentários:

  1. Poxa, Tony. Eu só diria: mano, fica quieto pq nada pode ser pior do que DT reeleito. Mas seus argumentos foram cirúrgicos. E depois disso tudo, agora eu diria de boas: se fecha, viado!

    ResponderExcluir
  2. Verdevaldo passa a idéia de tendencioso.
    E eu acho que os EUA ainda estão 'querendo' uma mulher na presidência, mas hilaria era ainda uma opção fraca.

    ResponderExcluir
  3. Assim como Ed, eu tbm moooorrro de medo das expectativas do Tony. Desculpa, amadoh, mas ultimamente, isso é, nos últimos anos (q tenho acompanhado blog)vc só tem trazido azar pra quem vc torce. Vide Glenn Close no Oscar, Hillary Clinton, adversarios do Coronaro... ai, beesha seje menas.

    ResponderExcluir
  4. As biba não querem ler a verdade e manda Tony se fechar? Se feche não, Tony. Ser imparcial incomoda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fechar no sentido do candomblé. Corpo fechado.

      Excluir
    2. Como sou bil baladeira não entendi nada do texto, mas quero dizer que o marido desse jornalista -Glen -não é necessariamente bonito, mas é muito gostoso !

      Excluir
    3. não é bonito só gostoso pq é negro?

      Excluir
    4. 20;25 bil baladeira.
      Não.
      Do uma vazia e infeliz rodando na pista até a próxima pica. Preta de preferência.

      Excluir
  5. Querido Tony,
    Desta vou dizer coisas pois o assunto é universal e não concordo. A ver: se bem me lembro a questão dos emails tinha a ver com a eleição no partido democrata, apagando o Bernie da questão. Hilary (partido democrata) fez merda da grossa, vamos dizer assim, pois não era ela a candidata que as bases queriam. A seguir colocam Joe biden na sua enésima vez à presidencia... tenham dó dos pensantes, please. Velho caquético que não tá nem aí, mesmo buscando a Harris.
    No resto, Trump apenas personifica a profunda trapalhada que são os EUA. Democracia com colégio eleitoral em pleno século 21, é brincadeira certo?
    Do Greenwald em questão, concordo com ele. Tem matéria? vamos publicar. Mas que merda é esta que agora náo dá jeito porque há um mal maior a evitar?! no fucking way. Publica.

    Beijinhos e abraço,
    Susana

    ResponderExcluir
  6. Bi-baladeira não entendeu nada do post, nada do mundo e nada da vida. Só que acha o cara é não-bonito, mas gostoso. Só isso. Também sentiu a necessidade de postar dizendo só isso pq não tem mais nada a dizer, e quer dividir que acha o cata gostoso pq è isso que importa na vida dele. Não entende nada de nada, e acha que comentar sobre a gostosura do cara precisa ser dividida com o mundo. Afinal, ou fica calado, ou fala sobre gostosura. Nada mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKK... E o pior é que essas são a maioria no vale, especialmente nas baladadinhas...

      Excluir
    2. Cada um dá o que tem...kkkkk

      Excluir
    3. Sem entrar no mérito da limitação de repertório, preenchendo o esteriótipo da bicha que tem como único compromisso de vida seu tesão, acrescento que achar o deputado “gostoso mas não bonito” carrega uma dose de eurocentrismo e de racismo estrutural. O famoso MAS que entrega tudo: o negro só consegue ser visto como objeto sexual, como carne (a mais barata do mercado, canta Elza). Por que ele não é bonito? Por não ter traços europeus? Pois David Miranda é bonito sim. E sorte de quem consegue enxergar.

      Excluir
    4. Se todos vcs que observaram o racismo do comentário desse anônimo forem brancos, vcs estão de parabéns!!!
      👏🏾👏🏾👏🏾

      Excluir
  7. Gente... O Ed citou o quê ele diria ao Glenn! Não ao Tony...

    ResponderExcluir
  8. o que seria ''pavao'' nesse contexto, eh tipo foca ?ou eh referencia ao pavao misterioso?

    ResponderExcluir
  9. Sua expressão foi perfeita, também sempre tive mixed feelings sobre o GG. Eu até queria gostar dele, mas não consigo - tem alguma coisa que impede a conta de fechar. Isso também não significa que eu não sinta alguma empatia, afinal de contas alguém que causa tanto incômodo em Augusto Nunes deve estar fazendo algo certo nessa vida.

    ResponderExcluir
  10. O Glenn tá sendo ingênuo em querer atacar o Biden em um momento de uma intensa disputa com o Laranjão,está podendo beneficiar o Trump,não penso que o Glenn seja de direita,muito menos de extrema direita,ele teria que atentar a essa possibilidade,que esperasse passar as eleições para escrever o artigo denunciando o Joe

    ResponderExcluir