domingo, 25 de outubro de 2020

SOFIA E SOPAI

A protagonista de "On The Rocks" é uma mulher insegura, cujas fragilidades são exacerbadas pela segurança extrema de seu pai. Impossível não achar que a personagem não tem pontos em comum com a diretora Sofia Coppola, até porque a relação entre pai e filha é uma constante em sua filmografia. Seu sétimo longa-metragem acaba de estrear no Apple TV + e é quase um Woody Allen, de tão gostosinho de se ver. Lá estão uma Nova York glamurosa onde ninguém tem boletos atrasados, portanto dá para perder tempo com bobagem E a bobagem de Laura (Rashida Jones) é achar que o marido, que não para em casa, está tendo um caso com uma colega do trabalho. Ao invés de choramingar com as amigas ou com a mãe, como seria de se esperar, ela encontra um ombro amigo no pai - um marchand que conhece absolutamente todo mundo e nunca se furta a jogar charme para cima de porteiros, garçons e guardas de trânsito. Bill Murray está perfeito no papel, e claro que a gente desconfia que Francis F. Coppola também seja esse homme du monde, à vontade em qualquer situação. "On The Rocks" (a expressão em inglês para um casamento que vai mal das pernas) não entra muito fundo em qualquer relacionamento, mas para um sábado em casa é perfeito.

4 comentários: