quinta-feira, 15 de outubro de 2020

A CORRUPÇÃO É UMA MERDA

A cada dia que passa, o Brasil de Biroliro se afunda mais no esgoto. Literalmente. O caso do senador Chico Rodrigues  (DEM-RR), vice-líder do governo no Senado, é de uma repugnância inédita mesmo para os baixíssimos padrões brasileiros. Já tínhamos visto dinheiro na cueca; "entre as nádegas", como a imprensa diz para não chocar o leitor, só na história do Papillon. A internet está se esbaldando em cima dessa cagada homérica, e o gado tenta mudar de assunto subindo o trending topic #Hilary (com um L só, porque eles não têm o hábito da leitura). Já o Bozo partiu pra ignorância: diz que é tudo fake news e que o cagão nunca fez parte do governo (mesmo tendo vídeo circulando por aí em que ele diz que vive uma "união estável" com o Chicocô). Portanto, parem de ligar o vice-líder do governo ao governo! E lembrem-se: agora há mais uma razão para usarmos máscaras.

9 comentários:

  1. Numa semana, o Infeliz anuncia que acabou com a lava-jato porque não tem mais corrupção no governo. Na semana seguinte, o vice-líder do governo dele é preso com dinheiro na cueca...
    E ainda há quem o defenda.

    ResponderExcluir
  2. Memes maravilhosos: https://revistaforum.com.br/redes-sociais/vice-lider-de-bolsonaro-coloca-hashtag-propinanabunda-entre-os-assuntos-mais-comentados-do-twitter/

    ResponderExcluir
  3. O primo, namorado do Carluxo, é assessor dele!

    ResponderExcluir
  4. Leio muito na internet - pois sou tipo um heremita aqui no braZil - na mídia golpista, que os Bolsonaros gostam muito de transações com dinheiro vivo!

    Será porque??

    ResponderExcluir
  5. Então, pelo que tenho lido estão dando a entender que ele literalmente alojou dinheiro no ânus, mas todos estão cautelosos em publicar. Será que é isso mesmo? A Crusoé/Antagonista, que foi quem deu o furo (sem trocadilho), começou usando o termo “ENTRE as nádegas”, depois passou a adotar “dinheiro escondido NAS nádegas”, e posteriormente fez colocações sobre verba de gabinete empenhada pra compra de “Bom Ar, papel higiênico e manteiga” - creio que a manteiga não está ali listada a troco de nada. Também foi noticiado que várias notas estavam sujas de fezes. Meu Deus, será? De toda forma já se tornou anedótico como o bolsonarismo não consegue se afastar da sombra da fixação na fase anal. Pelo menos dessa vez o objeto de vigília não foi o cu alheio...

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Aparecido José (Crazyseawolf) 16 de outubro de 2020 11:18: Coach de tragédia?

      Excluir