quinta-feira, 24 de setembro de 2020

O SINISTRO DA EDUCAÇÃO

Tava demorando. Desde que o ministério da Educação foi entregue a um pastor ligado ao Mackenzie, eu vinha esperando ele proferir uma barbaridade imperdoável. Este dia chegou. Em entrevista publicada hoje pelo Estadão, Milton Ribeiro vomitou pérolas como "quando o menino tiver 17, 18 anos, ele vai ter condição de optar. E não é normal. A biologia diz que não é normal a questão de gênero. A opção que você tem como adulto de ser um homossexual, eu respeito, não concordo". Quase tenho saudades do Weintraub. Optar? Não é normal? Não concordo?? Nenhuma mentira que o Decotelli tenha posto em seu currículo é pior do que essa concepção equivocada da homossexualidade. Mas o pior veio em seguida: "Acho que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo tem um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas. Falta atenção do pai, falta atenção da mãe". Bom, se ele tivesse mesmo feito uma pesquisa, veria que esse lance de "famìlias desajustadas" é outro mito. Gays, lésbicas e trans brotam em todo tipo de família, e o universo está repleto de exemplos. Aliás, minto: há um tipo de família, sim, que sufoca qualquer desvio da suposta norma. Famílias patriarcais, onde impera a violência emocional e até a física. Em que a mulher é coadjuvante e o homem domina. É esta família que o desgoverno Edaír tenta impor como a única possível. Não vai conseguir, até porque a sociedade não é mais como eles pensam. Haja vista a quantidade de processos que essa criatura sinistra vai tomar pela fuça. Homofobia não é opinião. É crime. Milton Ribeiro é um criminoso. 

28 comentários:

  1. Vontade de dar um soco na cara de merda desse minion

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse discurso tem o dedo podre da Defu e diga-se de passagem embora não gostem, de todos aqueles que frequentaram as "paulistas" da vida.
      G-

      Excluir
  2. Mackenzie... Será que ainda tem gente jovem e moderna aceitando estudar numa (e pagar para) um universidade regida por esse tipo de gente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem gente pra tudo nessa vida.

      Excluir
    2. Leia o estatuto do Mackenzie. Está bem clara que o colégio é presbiteriano. Mas não precisa ler não. No primeiro dia de aula você recebe uma bíblia, ou melhor, o novo testamento de presente. Quer mais? Ter aula de religião (cosmovisão cristã) em qualquer curso tá bom para você? Mas, e ai vem um grande mais, o Mackenzie ainda é uma das melhores universidades particulares do Brasil. Em vários cursos é a melhor. Enquanto for assim, as aulas estarão lotadas e seu corpo acadêmico influente. Isso não é um mal brasileiro não. PUCs, Mackenzies e outras igrejas-universidades também são muito bem sucedidas na Europa e nos EUA. Durma-se com um barulho desses.

      Excluir
    3. Sómente não é tão boa o suficiente para ensinar seus defensores que é um pecado mortal colocar vírgula antes do "e".

      Excluir
    4. Né pecado mortal não. Há casos em que se pode usar vírgula antes do e. Há questões de estilo.

      Excluir
    5. Gente, sempre usei virgula antes do "e" a depender da situação.
      Esse blog do Tony... rsrsrs

      Excluir
    6. 07:37 Agora que achei que iria me juntar às normalistas do blog e kkkkagar regras quando não tivesse argumentos.

      Excluir
    7. Mackenzie com salas lotadas?? Faz tempo que estão em crise, desde 2014, mandaram vários professores embora alegando fechamento de turma. Isso sem contar a dívida de milhões com o governo federal, se é que está já não foi perduada.

      Excluir
    8. Ao burraldo de plantão: cabe vírgula antes do "e" se os sujeitos das orações coordenadas são diferentes. Que tal estudar um pouco antes de vir cagar crítica no texto alheio?

      Excluir
    9. Hershey as normalistas se assanharam todas chegou a hora de brilharem com os sujeito e as orações e o teorema de D'Alembert e afinal ela é formada em letras o Burraldo é Sanitarista formado kkkk ou teria um açougue.
      Menina menos estamos aqui de Machado Passagem e as rosas nos falam...não brinco MAS

      Excluir
  3. FDP, com 17, 18 anos no final dos anos 90, só pensava em suicidio, vivendo dentro de uma família que está bem longe de ser um comercial de margarina, mas é extremamente amorosa (a única coisa que importa).

    Não permitamos o retrocesso, galera! Vamos deixar essa molecada de hj, e nós mesmos, seguros para viver a vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perto do suicídio, se formos sinceros quem nunca. Foda demais.

      Excluir
  4. Engraçado que hoje, do nada, pensei, “a quantas anda o novo pastor da Educação?”. Pouco depois li a notícia. Vou jogar na mega sena.

    ResponderExcluir
  5. O Mio Babbino Caro
    Difícil achar no Brasil de hoje homem mais coerente com seu discurso do que o Sr. Bolsonaro. Ele está fazendo exatamente aquilo que propôs em sua campanha eleitoral e teve o apoio de várias Irmãs do Vale. Tá certo que falta ainda o ministro terrívelmente evangélico mas aos pouco está chegando lá. Surpresa ZERO né!
    Só se vai derrotar esse estrume quando se abandonar o discurso melífluo e falar abertamente como se deve de preto, mulher, viados ou seja racismo, machismo, homofobia e outros. Até lá o homem branco, heterosexual, cis continuara dando as cartas.

    ResponderExcluir
  6. Grande parte da população é bissexual, mas por pessoas como esse Ministro da Educação, Damares e outros radicais, essas pessoas são levadas a crer que seus desejos homoafetivos são errados, são diabólicos. Vivem uma vida tendo que reprimir o tesão que sente meu cunhado, pelo amigo ou pelo colega de trabalho. Sentem ciúme, sentem saudades e até fantasiam em uma e outra punheta, mas recriminam seu próprio desejo. Passam uma vida tentando recalcar seu impulso de amar e gozar com alguém do mesmo sexo. E... conseguem! Mesmo às custas de boa parte de sua felicidade. Nessa miséria, não toleram os bissexuais e gays que exercem sua sexualidade livremente. No fundo, não é nada religioso, é simplesmente o desejo de significar seu sofrimento. Eu não posso me atracar com o Marcão, e faço isso por algo divino e acho que todos devem se sacrificar igual. Óbvio! Imagine ele tendo que aceitar que outras pessoas não tem culpa nenhuma e são felizes fazendo aquilo que ele nunca permitiu. E realmente, olhem a cara desse Milton Ribeiro, resgatar o desejo perdido nessa idade seria muito mais difícil... com certeza custaria muito mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É quase isso, pois há Gays que nunca sentiram tesão por mulheres e heterossexuais que nunca sentiram tesão homossexual. Sendo que não há problema algum nesses casos.
      Mas esse cara tem cara de quem faz um banheirão e como para milhares há de chegar a sua hora, escrevam aí.
      G-

      Excluir
  7. "Grande parte da população é bissexual". Fale por você. Eu sou hétero e normal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normal você não é, porque é homofóbico.

      Excluir
    2. E é aqui que a senhora vem fazer essa afirmação maricona...

      Excluir
    3. E a hetera tá por aqui né, no blog das gay, só pra saber o que pensa o vale... çei

      Excluir
    4. Não é hétera, não. É só espírito de porco.

      Excluir
    5. Kkkkkk espírito de porco é bem engraçado né! Tudo filho de Exú Laroyê meu pai.
      G-

      Excluir
  8. Pessoas desajustadas não viram gays , e sim pastores evangélicos: ex- alcoolatras, ex-prostitutas, ex-drogados, ex-presidiários, ex-assassinos.... só gente sequelada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um freak show. A gente devia começar a montar uma espécie de observatório, alguma coisa desse tipo, alguma plataforma só compilando os casos desmascarados de hipocrisia e crime. São tantos que muitos estão passando batidos. Outro dia mesmo um pastor morreu na piscina de um puteiro em Assis/SP. Saiu do culto e foi direto pra lá. Vai ver afogou-se em seus pecados...

      Excluir
    2. Sobre o caso do pastor: https://www.youtube.com/watch?v=oK4NgHJQE0k

      Excluir