terça-feira, 22 de setembro de 2020

CRISTOFOBIA

A imprensa vem chamando o discurso do Edaír na abertura da Assembleia Geral da ONU de "menos agressivo e ideológico" que o do ano passado. É um pouco como dizer que um tiro na testa é melhor do que dois. Eu achei um horror do começo ao fim. Covarde como sempre, o Bozo jogou suas culpas nos outros e chamou para si glórias que ele não tem. Disse que índios e caboclos são os responsáveis pelos incêndios na Amazônia, não os grileiros e garimpeiros que votam nele. E ainda soltou um inacreditável "cristofobia", para bajular sua base teocrática. Cristãos são perseguidos no Paquistão e no Afeganistão, mas nunca no Brasil. Aqui, quem tem seus templos queimados são os praticantes das religiões afro-brasileiras, e adivinha por quem? O neologismo "cristofobia" surgiu para qualificar qualquer discordância ao totalitarismo dos evanjas, e foi logo adotado por luminares como Eduardo Cunha e Marco Infeliciano. O discurso terminou com Biroliro definindo o Brasil como "um país cristão e conservador", ignorando os milhões de brasileiros que não são uma coisa nem outra (tipo eu). Ou seja: para variar, ele só falou para o seu gado, e para mais ninguém. Não conquistou um único novo fã. Depois, quando inevitavelmente cair nas pesquisas, vai dizer que foi vítima dos cristofóbicos.

12 comentários:

  1. O horror...apenas o horror...Parece Apocalipse Now, mas é o Brasil de 2020.

    ResponderExcluir
  2. que tudo se exploda, não aguento mais

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbimo Caro
    Vamos continuar brincando de Débio Mental. A Impremsa, que imprensa é essa que apóia Paulo Guedes e mantêm esse estrume envergonhando você e todos nós. Porque se ela quisesse removê-lo já o teria feito.
    Junto com a covid acabaram tbm a pouca esperança de encontrar pessoas honestas. Acabaram-se as ilusões e quem insisti em brincar de ciranda ao ficar tonto que não caiam em cima de mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né!?! Tb não estou entendendo a apatia nacional diante deste governo, uma revolta que só fica em redes sociais!

      Excluir
    2. A apatia é que a alternativa é o PT. São duas desgraças q monopolizaram a política no país.
      Considerando que os petistas destilam ódio como os bolsonaristas e culpam os eleitores do último por tudo que é ruim que está acontecendo, não espere q as pessoas vão dar o braço a torcer.
      Uma postura assim: olha, você foi enganado, mas a culpa não foi sua, seria muito melhor para as pessoas assumirem que se arrependeram do seu voto

      Excluir
  4. Estou também bastante cansado. Comecei a comentar e quando vi tinha feito textão, então inevitavelmente pensei “why bother?” e deixei pra lá. Em suma estou tentando não ler mais comentários de absolutamente nenhuma matéria, esses robôs do Carluxo dominam tudo, é impressionante!, você tá lendo uma matéria em Aventuras na História sobre um monumento africano e lá está o perfil 4rsdg622ft dizendo que se fosse no Brasil a esquerda estaria exigindo uma estátua de dois homens se agarrando (!?). Acho que vou hibernar e esperar o governo implodir. Um dia cai, não é possível.

    ResponderExcluir
  5. Bozonaro e seus filhotes nunca estiveram no centro do poder. Sempre foram do chamado “baixo-clero”. Suas rachadinhas movimentaram valores baixos para os padrões do mundo político. São, enfim, pequenos roedores. Nem por isso são menos desonestos. Mas são tão desonestos quanto qualquer de seus eleitores seria, dada a chance. Loteamento de gabinete e rachadinha não são vistos sequer como pecadilho pelos fãs, mas como sinal de esperteza viril. “O gabinete é deles. A verba é deles”.

    ResponderExcluir
  6. “E, claro, no encerramento, não poderiam faltar Deus e a tal família: "O Brasil é um país cristão e conservador e tem na família sua base." Jamais a palavra "conservadorismo" foi tão mal empregada como nestes tempos. Até porque, a depender do que se entenda por isso, parece muito pouco "conservador" um homem ter filhos com três mulheres distintas, estando já no terceiro casamento. A mim não incomoda nem um pouco. Mas de que conservadorismo ele fala? Não é, por exemplo, o do catolicismo, que considera o matrimonio indissolúvel... É que "conservadorismo" bom é só aquele que Bolsonaro e os seus praticam, não é mesmo? Ou quase. Quanto à família, pergunta-se: que sociedade humana, não importa o estágio de desenvolvimento em que se encontre, não tem na família a sua base? "Ah, é que se trata da família entendida como papai, mamãe e filhinhos... A família tradicional. Trata-se de uma nota coberta de homofobia". Ah, bom. Então lamento mais ainda. Sou progressista. Quando Carlos Bolsonaro morava com seu primo, Leo índio, eu não teria nenhum problema em chamar a união de família. Até porque eles cuidavam juntos de Pituka, com "K", a cadelinha. Viva a família progressista!” (Reinaldo Azevedo, hoje, a respeito do famigerado discurso de Bozo na ONU).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa puta Reinaldo Azevedo no sentido de puta mesmo não da profissional do sexo. Não é aquela que se encharcou no fora Dilma.

      Excluir
  7. Se o Tony fez um post espumante e a esquerda ficou irrequieta, o "Bozo" atingiu seu objetivo. Com louvor.

    É impressionante, mas vocês nunca irão entender que ele se alimenta do ódio que a oposição destila?

    ResponderExcluir