terça-feira, 1 de setembro de 2020

ASSA AÍ, GUARDIÃO

Metade do Brasil está pasmo com os "Guardiões do Crivella" (a outra metade não liga nem para os 89 mil reais depositados pelo Queiroz na zona da Micheque). Eu também estou, e o meu espanto é reforçado pela estupidez do esquema. Como que o prefeito-pastor do Rio de Janeiro achou que ninguém iria perceber seus brucutus plantados na frente de hospitais, tentando atrapalhar as gravações da Globo? Ou que a própria emissora não iria atrás, descobrindo que se trata de uma milícia paga com dinheiro público? O que me consola é que Crivella está bem atrás de Eduardo Paes nas pesquisas. Mas ainda periga ir para o segundo turno das eleições municipais - e nós bem abemos o que acontece quando os cariocas podem votar num bandido.

7 comentários:

  1. Eduardo Paes novamente?
    Sério Rio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que o Freixo desistiu de perder mais uma vez... ou voto útil é só quando é na esquerda?

      Excluir
  2. Fico realmente divido. Não sei se voto no Crivella, no Eduardo Paes, na Cristiane Brasil. Até a pulga do cachorro da vizinha será um melhor prefeitx que esses daí.

    ResponderExcluir
  3. Ninguém é santo em lugar nenhum. Eu não sou... Nem pretendo ser. Mas Eduardo Paes, entre os candidatos, sem dúvida é a melhor opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem nem o que pensar. Honesto nenhum parece ser. Mas entre um Terrivelmente envangélico que confunde igreja e Estado, desfaz de minorias, tem guarda pretoriana, alergia à imprensa, absoluta incapacidade de conviver com diferenças e que acha que só governa pros que o elegeram e um cara mente aberta que entende a necessidade do respeito à diversidade, não tem nem o que pensar. Já que não dá pra tirar da merda, tirem o Rio do obscurantismo.

      Excluir
  4. Crivella acha que é prefeito de Sucupira?

    ResponderExcluir