sexta-feira, 7 de agosto de 2020

AMERICAVISION

Pensei várias vezes em propor para alguma emissora um festival nos moldes do Eurovision. Uma competição musical entre os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal; quem ganhasse seria a sede do evento no ano seguinte. Mas a logística complicadíssima e os custos astronômicos sempre me desanimaram. Agora a própria organização do Eurovision levou a ideia adiante, mas para um mercado muito maior do que o nosso: os Estados Unidos. Foi anunciada ontem a primeira edição do American Song Contest (eita nominho ruinzinho), a ser realizada no final de 2021. Ainda não se sabe o lugar ou o canal, mas o formato é similar. Cada um dos 50 estados americanos manda um candidato - cantor ou banda de até seis integrantes - para competir em cinco eliminatórias (no original são só duas), antes da grande final. Dá para imaginar os horrores que vêm por aí, como pop evangélico da Carolina do Sul ou rap esquimó do Alaska. Mal posso esperar.

5 comentários:

  1. Tirando o lado galhofeiro da coisa, não consigo imaginar uma competição artística. Nos vídeos daqueles famigerados festivais da Record, as pessoas torcem, ou melhor, defendem seus artistas com fervor religioso, como se fossem torcedores de times. A arte tem campeão? É para isso que ela serve?

    ResponderExcluir
  2. Seriam 26 estados + Bsb/DF?

    ResponderExcluir
  3. Ajude a Minnie, ela lançou um clipe novo do que será o Kylie Disco, Say Somenthing será o lead

    divulgue nas suas redes please

    https://youtu.be/l73FJBnjp28

    ResponderExcluir
  4. Uma versão brasileira seria algo delirante de tão bom. Imagine o candidato de Mdeus precisamos disso.

    ResponderExcluir