sexta-feira, 31 de julho de 2020

REMEMBER MY NAME

Hoje morreu o diretor britânico Alan Parker. Confesso que eu meio que tinha me esquecido dele: seu último filme, "A Vida de David Gale", saiu em 2003, e eu nem me interessei em ver. Confesso que também sinto vergonha disso, porque, durante um bom tempo, Alan Parker fez o filme certo na hora certa - para mim, pelo menos. Eu estava me descobrindo gay quando saiu, em 1978, "O Expresso da Meia-Noite", a primeira vez em que eu vi dois homens se beijando na tela. Além da incrível história verídica, o longa ainda tinha uma trilha eletrônica de Giorgio Moroder, tão inovadora que levou o Oscar. Em 1980, Parker lançou outro título para a minha ilha deserta, "Fama". Muitos dos meus leitores só devem se lembrar da série de TV, ou do - brrrr - remake de alguns anos atrás. Procurem o original! "Fama" é o pai de "Glee" e similares, mas nunca foi superado.A história de um bando de garotos estudando na Juilliard, a famosa escola de Nova York para as performing arts, me pegou de um jeito que eu tive que comprar o VHS e furá-lo de tanto rever. Depois, Parker ainda fez "The Wall", que eu vi no primeiro dia que passei em Londres; "Coração Satânico", um filme de terror de luxo, com Mickey Rourke e Robert De Niro; "e "Evita", que obrigou Madonna a ter as aulas de canto que mudaram sua voz para sempre. Uma sensibilidade pop afiada, que merecia ter sido mais reconhecida. Inclusive por mim. Não esquecerei seu nome.

26 comentários:

  1. Nossa! Que tristeza! Um dos meus diretores favoritos!

    Para mim o mais bonito dos filmes dele foi Birdy - Asas da Liberdade!

    ADORAVA aquele filme! Comprei livro e tudo lá no Canadá! O livro mais bonito ainda...

    Poxa! Tava pensando nele um dia desses! SUMIU depois de fazer tantos filmes bons! (Não vi Evita. Mas não acho que foi bom não. Malharam muito a performance da Madonna no filme. Mas ele era GENIAL!!! The Wall é fantástico!!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele era reptiliano ou maçom, @mono?

      Excluir
    2. Provavelmente maçon!

      Acho que reptilianos é uma operação psicológica dos maçons contra os extraterrestres!

      Mas posso estar errado! Apesar de isso ser muito improvável, pois quase sempre estou ABSOLUTAMENTE CERTO.

      Os maçons estão CAGANDO DE MEDO da REVELAÇÃO que VIRÁ quando os extraterrestres forem "descobertos" pois a MÁSCARAS SUJAS DELES IRÃO TODAS CAIR!!!

      Tão com o CU NA MÃO
      Com MEDO daSSSS COMPARAÇÃO!!

      Excluir
    3. Deixa de agir como gado, Mono. Saia da Matrix. As pessoas falam mal da Madonna há quase 40 anos, criticam tudo que ela faz, o que não a impediu de produzir verdadeiras obras primas e revolucionar o mundo da música. Liberte-se da opinião do sistema e assista Evita - um primor para os olhos e ouvidos.

      Excluir
    4. Madonna está no meio de um dos maiores BAFÕES da História se for verdade!

      E a jornalista do Pizzagate que foi mandada embora depois da denúncia - apesar de ter sido uma jornalísta super "respeitada" - jura de pé junto que é verdade!

      E PARECE SER MESMO!

      Eu estou REZANDO que seja verdade para que TALVEZ minha vida PESSOAL melhore um pouco...

      Madonna e Lady Gaga.

      NUNCA FUI FÃ DA MADONNA!

      Canta NADA! Mas faz bons shows e tem ALGUMAS musicas boas. Mas OBRA-PRIMAS?? Vê se te manca!!!

      Nunca fui bicha matrixada.

      SEMPRE me achei um "extraterrestre" entre voces "humanos".

      Aqui o documentário que a jornalista fez: (está em inglês mas acho que tem legenda no youtube)

      https://youtu.be/MY8Nfzcn1qQ

      (E DETESTO musicais... A não ser se for como o The Wall. Nunca casaria com o marido do Tony por exemplo.)

      Excluir
    5. Madonna vendeu sua alma no final dos anos 90 pra reconquistar o sucesso. A partir daí sua carreira concentrou-se em angariar seguidores para as sociedades secretas as quais se vinculou. Mas de vez em quando ainda faz música boa.

      Excluir
  2. Birdy teve uma LINDA trilha sonora do Peter Gabriel!

    https://youtu.be/yq8QHxFL6nQ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Birdy é aquele filme com o Matthew Modine? Lindo. Mas gostei mais de coração satânico...Sou chegado num vodu.

      Excluir
    2. Também gostei! Ele é um ótimo diretor! Muito difícil ter um filme ruim dele.

      Mathew Modine e o Nicolas Cage. Os dois dão um SHOW!

      Excluir
    3. Voce acha que os dois eram "gay" um por outro??

      O personagem do Mathew Modine (Birdy) não gostava de mulheres e chegou a "transar" com a canária lindinha!

      E o Al - Nicholas Cage - tinha um amor ENORME e suspeito pelo amigo!

      Até hoje não sei se eram, e meus amigos gays da época acho que não viram o filme comigo.

      Excluir
    4. Ai gata, eu era tão novinho quando vi esse filme que não sacava nada, se rolava uma brotheragem e tal...Só lembro de algumas cenas, com pássaros, e tal, e o Mathew, claro...Eu era novinho mas não era cego...

      Excluir
    5. Entendi: sonhou com a rola branca do Mathew à noite.

      Excluir
    6. Monotematica 16:52
      Me diga sobre Os Mistérios de Eulesis.

      Excluir
    7. És negro, Mono? Pardo?

      Excluir
  3. Ele também dirigiu "Asas da Liberdade" (Birdy, 1985), que é um filme lindíssimo, e como contou a pessoa acima, tem uma belíssima trilha sonora do Peter Gabriel.

    ResponderExcluir
  4. O Mio Babbimo Caro
    Lembro exatamente de entrar no cinema com o coração acelerado a espera do famoso beijo na prisão em "O Expresso da Meia-Noite".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele fez Querelle depois!

      Acho que morreu de AIDS.

      Excluir
    2. Sim, Brad Davis morreu de AIDS em 1991, com apenas 41 anos.

      Excluir
    3. Tesudinho!

      SAFADA!

      (Não voce bebê..)

      Excluir
    4. E Querelle tbm é maravilhoso, creio que a luta em Bad de MJ foi inspirada na cena de luta de Querelle.

      Excluir
  5. Meu primeiro contato com ele foi Quando as Metralhadoras Cospem, com a Jodie Foster, quando eu mesmo era criança ainda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um filme maravilhoso, com Jodie Foster pequenininha e uma trilha sonora incrível. Adoraria rever.

      Excluir
    2. Jodie Foster em Taxi Driver tbm "pequenininha" é um arraso. Além de motivar a tentativa de assassinato de Ronald Reagan.

      Excluir
  6. Tony, na época valeu a pena, mesmo o beijo sendo quase invisível entre tanto vapor? E o “não” bem didático do belo Brad Davis foi brochante ou “fez parte”? No livro o autor narra ter tido experiência(s?) consensualmente - imagino que a alteração tenha sido uma imposição da época.

    ResponderExcluir
  7. Tantos grandes filmes mas quando soube da morte dele lembrei de cara do 'The commitments', adoro esse filme, r.i.p!

    ResponderExcluir
  8. Eu assisti "A Vida de David Gale" no cinema e achei excelente,a história é bem realista de um ativista contra a pena de morte que ajuda a amiga se suicidar parecendo um homicídio e é condenado a pena de morte para provar as falhas do sistema judicial americano,por que vc não se interessou em assistir Tony?Lamento a perda!

    ResponderExcluir