domingo, 5 de julho de 2020

GOURMETIZEI A QUARENTENA

Meus rendimentos diminuíram com a pandemia, mas minhas despesas também. Há meses que eu não gasto um tostão com cinema, teatro, restaurante, Uber, metrô. Comprei dois livros e um par de Havaianas pela internet, e mais nada. Mas há um setor onde eu venho, digamos, investindo: a gastronomia. Sem ter muita diversão além da TV e do streaming, passei a comprar produtos de alta qualidade, comidas exóticas que eu nunca tinha provado e até a me arriscar na cozinha. Graças à Santa Rita Lobo, padroeira dos inexperientes, aprendi a fazer brigadeiro e cole slaw. E venho me especializando em pudins: a partir de uma receita de manjar branco, fui trocando o coco por laranja, pêssego, morango, framboesa e até caju (que não ficou bom...). Anteontem me deu a louca e resolvi ir ao Santa Luzia, o supermercado mais chique de São Paulo, só para dar uma flanada e comprar uns supérfluos. Não passei da porta. Em plena tarde de sexta-feira, duas longas filas se estendiam na entrada. Ainda bem que todo mundo estava de máscara e praticando o distanciamento, mas eu não encarei. Meu raio gourmetizador não chega a tanto. Ainda faltam uns meses para eu poder entrar na fila preferencial, mas até lá, quem sabe a quarentena já terminou?

11 comentários:

  1. Tony, muito bacana se aventurar na cozinha. Agora, para o toque gourmet na sua cole slaw, finalize com sementes de papoula. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Acho deprimente Zeca Camargo ser milionário e você não. Nada contra o Zeca (embora não goste de tudo o que ele fez, o que é natural), mas tudo a seu favor. Infelizmente você ainda é underrated, Tony.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada o Tony tem o nosso afeto, amor, carinho e respeito que dinheiro algum paga rs
      G-

      Excluir
    2. Eu sempre pensei sobre isso, mas que me motivou a finalmente escrever foi a coincidência desse post com o link na homepage da UOL pra nova “coluna” de Camargo cozinhando. O cara mal sai da Globo e já engata emprego na Band e no UOL. A propósito, parece que ele fez muito laboratório pra ess culinária - assistam o vídeo e entenderão.

      Excluir
    3. O Zeca cozinha bem há muitos anos e vive convidando os amigos para comer na casa dele. Até já publicou um livro de culinária indiana, em parceria com um amigo de lá.

      Hoje era a estreia dele no UOL, depois de uns três meses fazendo essa live no Instagram. Eu não vi, mas acho natural ele ter se preparado mais.

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    E é uma delícia literalmente essa aventura não é. Impressão minha ou vc se "especializou" mais em doces??? Me saio melhor em salgados até eu me admiro com meu frango com quiabo. E as massas e Risotos rs

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus!!!

    Ela chega para todo mundo!!!

    Fila PREFERENCIAL de IDOSOS...

    Muito triste! Mas tem passagem de ônibus coletivo grátis?

    (Mas o que adianta se o pau já não mais levanta??)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro que os 60 são os novos 45. E segundo, só chega lá quem não morreu no caminho. Chegar em perfeitas faculdades mentais, então, nem se fala. Tem gente que com metade da idade já atravessou o monóculo. Digo, o espelho.

      Excluir
  5. Triste por que Mono. São novos caminhos trilhados os outros são passageiros o da velhice é até a morte rsss
    G-

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de morar perto de vc, ia te ensinar receitas práticas e gostosas, e vc iria me contar as fofocas do meio artístico que vc convive, acho que até os atores héteros pegam tb kkkkkk Um amigo produtor de teatro aqui do interior ficou com um ator que já era separado de uma mulher e hoje em dia já está casado com outra.

    ResponderExcluir