sábado, 25 de julho de 2020

CALDEIRÃO DO RICKY


Talvez eu devesse escrever sobre os perfis de birolistas que o Alexandre de Moraes mandou cancelar no Twitter. Ou sobre a pesquisa da revista Veja, que mostra o Bozo vencendo qualquer um no segundo turno em 2022 - aos que entraram em pânico, um toque: até abril passado, o Trump também batia o Biden nas pesquisas. Mas hoje é sábado, eu estou exausto e bebi um pouco no almoço. Então só quero saber mesmo é do Ricky Martin, que deu uma entrevista ao Luciano Huck no "Caldeirão" de hoje. A porra da Globoplay não deixa a gente embedar seus vídeos, mas aqui está o link para quem quiser assistir na íntegra. Ricky está promovendo "Pausa", seu novo EP de músicas tranquilinhas (e promete "Play" para breve, com mais animação e talvez feats de Anitta e Pabllo Vittar). Mas o mais legal da conversa foi o boricua ressaltar a importância de ter saído do armário. Lá se vão 10 anos já, e sua carreira não só não sofreu o menor abalo, como eu diria que Rcky Martin cresceu de importância. Agora ele também é ativista político e teve um papel fundamental na derrubada do primeiro-ministro de Porto Rico exatamente um ano atrás. Além disso, está envelhecendo maravilhosamente bem: aos 48 anos, pai de quatro filhos e casado com um artista plástico, o ex-Menudo é um exemplo para as gueis. Inclusive as novinhas, não sabiam que ele é gay e nem que fala português.

11 comentários:

  1. Como assim Bolsonaro ganha em 2022, vc só pode estar de brincadeira? Brasileiro é masoquista ou é Estupido mesmo, Bolsonaro já provou sua incompetência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROVA que o papo de "acabar com a corrupção" foi tudo PAPO FURADO para APOIAR O GOLPE "branco militar"!!

      Excluir
  2. Tenho pena destas crianças quando crescerem e virem o pai se agarrando com outro homem. Será que ele pelo menos teve a decência de fazer as crianças da forma natural? O Gugu pelo menos foi mais integro e respeitou a família, mantendo as aparências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ia dizer que tenho pena de você, mas não é verdade. Você merece o fogo do inferno. Tenho pena é dos seus parentes, seus amigos, pessoas que você faz sofrer à toa.

      E o pior é que você só deve ser um troll. Nem acredita no que diz, mas acho muito engraçado dizer. Que vergonha.

      Excluir
    2. Melhor que comer o PRÓPRIO FILHO como os "heteros" VIVEM FAZENDO!

      Excluir
    3. Com APROVAÇÃO TÁTICA das PRÓPRIAS "MÃES".

      Excluir
  3. Sejamos francos, a carreira dele não sofreu abalo porque em 2010 Ricky Martin não tinha mais uma carreira pra ser abalada. Se tivesse, talvez continuasse no armário até hoje, mesmo sendo alvo escancarado e constante de pilhéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Gosto dele, mas o auge da carreira foi até o início dos anos 2000.

      Excluir
  4. “Pase que pase que te quiero besar
    Música luz y yo te quiero besar
    Bom bon (bom bon)
    Cerca de ti yo solo quiero bailar
    Quiero una orquesta que se ponga a tocar
    Bom bon (bom bon)”

    Se você não leu isso batendo o pé e lembrando do slap bass você sabe o que foi o primeiro auge do Ricky Martin

    ResponderExcluir