sexta-feira, 26 de junho de 2020

INITIALES B.B.


Uma das coisas que têm me segurado nessa quarentena é o fato de muitos dos meus artistas prediletos estarem lançando trabalhos novos. Já tem disco novo do Sparks, da Lady Gaga e, a partir desta sexta, do meu noivo secreto Benjamin Biolay. Hélàs, ele continua ignorando que nós fomos feitos um para o outro. Em compensação, segue gravando álbuns magníficos, e "Grand Prix" não é exceção. Não há grandes novidades formais: as 13 faixas são B.B. em estado puro, talvez com um clima ainda mais sessentista do que de costume. Essa pegada aparece na capa, nos clipes (o de "Vendredi 12" traz a musa Monica Vitti) e nas influências de Serge Gainsbourg, de quem meu futuro marido costuma ser apontado como sucessor. Também tem vestígios de bossa nova, o que me faz perguntar: quando o Biolay virá de novo se apresentar no Brasil? Eu perdi da primeira vez. Será que ele tem medo de me encontrar?

5 comentários:

  1. E como andam Lambert Wilson, Eduardo Noriega, Grant Gusti e Vincent Lacoste???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lambert e Eduardo seguem sendo meus namorados imaginários. Grant Gustin nunca entrou para este seleto círculo, nem Vincent Lacoste.

      Excluir
    2. Tá certo. Se me lembro bem, os 2 últimos só foram candidatos ao posto. Já Timothéee nunca nem candidato foi...

      Excluir
  2. Ah, esses seus noivos secretos... sempre me arrancam um sorriso gostoso. N.

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Eu jurava que apesar desses devaneios seu coração era só de Timothée Chalamet rs

    ResponderExcluir