sábado, 25 de abril de 2020

POR FAVOR, PARE AGORA


Não existe comédia romântica mediana. Ou elas são sensacionais, com atores apaixonantes e piadas memoráveis, ou são um desastre. "Um Amor, Mil Casamentos", infelizmente, se encaixa nesta última categoria. O filme é um dos mais badalados da Netflix no momento, mas não cumpre o que promete. A sinopse lembra "Corra, Lola, Corra" e explora aquela ideia popular de que basta um esbarrão para o destino dar um giro de 180 graus. Numa festa de casamento, os lugares marcados em uma mesa são trocados por crianças; o novo arranjo garante um desfecho diferente para os dramas miúdos que se cruzam ali. Mas as milhares de possibilidades sugeridas pelo título brasileiro são, na verdade, apenas duas: uma onde tudo dá errado, e outra com final feliz. Nada disso seria grave se o longa tivesse timing. Não tem. Falha da direção, da montagem, do roteiro? Aqui tem culpa todo mundo.

5 comentários:

  1. Já viu As Regras Não se Aplicam, Tony? Vi recentemente no Netflix. Uma comédia romântica sensacional.
    Não entendi como não chegou aos cinemas brasileiros.

    ResponderExcluir
  2. Bixa! A sra. não entendeu o filme porra nenhuma!!!!!

    ResponderExcluir
  3. EU CONSEGUI DAR UMA RISADAS NESSE FILME, VALEU, CONCORDO EM NÃO SER UMA COMEDIA FASCINANTE COMO MUITAS QUE EXISTEM, MAS CUMPRE O PAPEL DE DIVERTIDA. E ACHO O ATOR SAM CLAFLIN MARAVILHOSO!!!!

    ResponderExcluir
  4. Esse filme é simplesmente HORROROSO, me arrependi de ter perdido tempo com ele

    ResponderExcluir