quarta-feira, 8 de abril de 2020

MARCÃO BOBEIRA

Quando você contrata um apresentador que está sendo processado por ter chamado a Ludmilla de macaca, é mera questão de tempo ele fazer merda de novo. Hoje, finalmente, depois de excretar inúmeras barbaridades no ar, o ignóbil Marcão do Povo finalmente foi suspenso, apenas 24 horas após ter sugerido que os infectados pelo coronavírus fosse confinados em campos de concentração. Essa ideia circulou na época braba da AIDS, como se fosse viável encurralar centenas de milhares de pessoas - mas tudo bem, né? "Contanto que não seja eu". Eis o lado bom da pandemia: os piores da sociedade estão se revelando em todas suas cores sombrias, a começar pelo ex-presidente em exercício. Se bem que a falta de compaixão do SBT não é novidade. Há pouco tempo, o próprio Silvio Santos soltou um "heil Hitler" em seu programa. De brincadeirinha, claaaro, mas como que um dos maiores empresários judeus do país ignora o Holocausto?

8 comentários:

  1. Ele apenas queria centralizar os doentes num local só. Apenas usou a expressão "campo de concentração" que tem um sentido pejorativo. Como já disse um historiador, por que perdoamos Napoleão e não perdoamos Hitler? Assim tudo que faz referência ao nazismo é visto como algo negativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é UM ENORME imbecil. Enorme. E doente.

      Excluir
    2. Não fique indignado Fernando! Essa mula doente é o que representa os 60 milhoes de brazucas que votaram no bosta!

      Excluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Porque no Brasil Judeu...é até "nazista". Se com uma população dessa, nos damos ao "luxo" de ser racista, você imagina em todo o resto o que pode acontecer.
    Um Bolsonaro foi eleito por quem???? A estupidez graça a cada esquina, aqui "ninguém sabe a diferença de Judeu para Palestino. No pensamento popular é tudo Turco. Acredite. Quanto ao cidadão aí não sei o que do Povo. Está em casa, o Waack na CNN é tão pior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. graSSar
      verbo intransitivo
      Alastrar-se; desenvolver-se; difundir-se; propagar-se (doença).

      "Grassar", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/Grassar [consultado em 11-04-2020].

      Excluir
    2. 19:30 Correto!
      Obrigado e prova de elegância e respeito em contribuir.

      Excluir
  3. A tv do silvio santos sempre chic e elegante! mais chic e elegantes são os jegues que assistem a essa porcaria!

    ResponderExcluir