terça-feira, 28 de abril de 2020

E DAÍ?

E daí que Biroliro é burro mesmo, como diz Paulina de la Mora na série "La Casa de las Flores". Como é que ele não percebe que suas declarações ofensivas vão repercutir nos telejornais, virar memes nas redes sociais e se voltar contra ele na propaganda eleitoral de seus adversários? Isto, na cada vez mais remota hipótese do imbecil chegar a 2022. Coronaro é o maior inimigo de si mesmo, e cava a própria cova mais rápido do que as escavadeiras de Manaus. A pandemia está prestes a atingir níveis ítalo-espanhóis no Brasil, e daí que não vai ter auxílio de 600 reais, apoio do Centrão ou Gabinete do Ódio que dê conta do derretimento da popularidade do Pandemito. Um mentecapto que não sente a menor empatia por ninguém, que só pensa no filé mignon de sua familícia e que não tem a mínima competência para tocar uma vendinha, quanto mais governar um país. Lamento, quer que faça o quê?

10 comentários:

  1. As declarações "ofensivas" de Bolsonaro atingem apenas quem nunca votaria nele, seus eleitores vibram com suas "mitadas" ("dá que eu te dou outra", "não merece ser estuprada", "é só uma gripezinha", etc.). Fenômeno semelhante ao que acontece com Trump, nos EUA.

    A verdade é que seu eleitorado o considera um presidente até muito pacífico, clama pelo Bolsonaro dos velhos tempos. Sua crítica, Tony, não deveria focar no presidente, ele é contingente, mas em um setor do povo brasileiro e sua visão particular de mundo.

    Veja que até a queda do Moro não foi o desatre que se imaginava. Pelas redes sociais, calculo que Bolsonaro tenha perdido entre 10% e 20% daqueles que votaram nele contra Haddad, mas o restante ainda o coloca num eventual segundo turno. De certa forma, ele é um Lula às avessas.

    Derrubar Bolsonaro não será o resultado dos ataques da imprensa ou de seus críticos ao presidente, mas do embate entre dois Brasis quase irreconciliáveis.

    E Lula acerta quando se opõe ao impeachment. O grupo social que impediu Dilma, descontruiu a imagem do PT e elegeu Bolsonaro, não deixará de existir. Ao contrário, está cada vez mais organizado e coeso, tornou-se uma força política que não voltará para o armário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É se eu disser que essa mansidão com palavras leves e regeneradas é só a DEFU numa embalagem no ninguém me vê e eu não reconheço a merda que que tanto defendi. Sim sou eu um gavião sem asa mas que continuo o espreitar bezerros mancos para furar os olhos e continuar minha maldição de suavemente cerberar.
      G-

      Excluir
    2. G- vc é demais!!!! Acabou novamente com a defu nta!!!!!

      Excluir
  2. Sei lá viu. O brasileiro está tão acostumado com a morte que talvez nem faça diferença se morrem 400 ou 800 por dia. Infelizmente, não é todo mundo que se choca com o avanço do coronavirus. Sempre tem que acha que é a vida, às vezes as pessoas morrem mesmo, fazer o que? Nem todo brasileiro é gado, mas muito brasileiro é gado sim.

    ResponderExcluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Isto não está no campo da burrice ou do saber. Isto está no campo da infâmia. Este homem vai ter que ser julgado por um tribunal Internacional como responsável direto por essas vidas. Repasse cada atitude desse crápula até chegarmos no ponto que já estamos. Não se trata do projeto que ele tenha se trata do cargo que ele ocupa.
    Sintam-se representados senhores apoiadores porém não se aproximem...

    ResponderExcluir
  4. Mas a gente precisa tentar entender o Edaí Bolsonaro, né? Pensem! Será que ele não quer chegar a algum lugar? É simples. Está provocando o próprio impeachment. E quando acontecer haverá grupos contrários nas ruas, um deles será dos seus apoiadores. Vai ter tiro, sangue, sim. É o que ele quer. Primeiro vai dizer que é um golpe contra ele. E então vai dizer que em meio à guerra civil, precisa adotar medidas de exceção. Pronto. E até os militares vão dizer sim. Por que ele teria assinado a portaria (dia 23/4) que aumentou de menos de 50 para 500 unidades de munição por mês que civis podem comprar? Sangue, quero sangue!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Trump saiu fortalecido após sair inocentado no processo de impeachment pq tinha a maioria na Câmara; assim como o Biroliro está saindo às compras na quitanda do Roberto Jeferson;

      Excluir
    2. Aqui nós sabemos que um impeachment pode ir até o fim, sim. Temos experiência. Mas não sabemos ainda o que pode acontecer quando o gado mesmerizado desembestar. Imagino o pior.

      Excluir
  5. Enquanto as pessoas continuarem a usar na mesma frase comparativa Bolsonaro, Lula e Dilma, ele não vai perder os apoiadores. Ele é ruim por si só. N precisa de concorrência.

    ResponderExcluir
  6. Mais do coiso: https://www.conversaafiada.com.br/brasil/bolsonaro-diz-que-oms-incentiva-masturbacao-e-homossexualidade-infantil

    ResponderExcluir