quinta-feira, 5 de março de 2020

O LIMITE DO HUMOR

Até onde um comediante pode ir? Há anos que vem se debatendo que tipo de piada é aceitável nos dias de hoje. Não dá mais para rir de deficientes físicos, negros, gays, pobres, mulheres e por aí vai. Eu detesto o humor machista, racista e misógino de antigamente, mas também acho que há um pouco de exagero por parte dos queixosos. Costumava dizer que o limite do humor era a falta de graça. Quando não faz rir, não é mais humor. Não acho mais. Márvio Lúcio, o Carioca, mostrou ontem onde é que o humor realmente acaba: aos pés dos poderosos. Foi o Sensacionalista quem reparou nisto, e eu assino embaixo. Humor jamais pode ser a favor - vide a extinta revista "Kokodril", da extinta União Soviética. Hoje ambas nos parecem patéticas. Carioca acabou de entrar para esse triste clube.

19 comentários:

  1. A sociedade evoluiu e não está permitindo piadas com minorias, então o humor tem que evoluir se não fica velho e sem graça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é do humor politicamente incorreto de que trata o post.

      Excluir
  2. Kkkkkkk o humor acabou!!!! O mundo é politicamente correto. CHAAAAAAAAATO pracarái!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é do humor politicamente incorreto de que trata o post. (2)

      Excluir
  3. Sinto se a dose de redpill provocar efeitos colaterais, mas esse tal de "limite do humor" só existe na bolha com ar condicionado dos fanboys de iphone. No mundo real, piadas com mulher, bicha, pobre e todo o resto seguem inabaladas. Tá aí o sucesso do perseguidíssimo perfil do Joaquin Teixeira, que prova minha tese.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma coisa é o humor politicamente incorreto.

      Mas o meu assunto aqui é outro. É um limite ainda mais distante. É o humor a serviço dos poderosos, qualquer que seja este poderoso.

      Excluir
  4. Gente, você lê o Sensacionalista?!?

    ResponderExcluir
  5. Não gostou, Tony? “Achei que você achasse” (“construção “ tirada do tweet da Vera Magalhães. Ugh....) legal!!!!

    ResponderExcluir
  6. Esse tal de limite do humor é só pra inglês ver, mais flopado que sensor de fantasia de Carnaval.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Censor. Com C.

      Leia mais e melhor.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk
      Grande Tony!!! 😉
      E vc já criticava isso desde a época daquele cara que imitava a Dilma!

      Excluir
    3. É verdade! Obrigado por lembrar.

      Excluir
    4. Tripudiar sobre as limitações das gays analfabetas não seria preconceito linguístico?

      Excluir
    5. Se a limitação está comprovada, não é pré-conceito, é constatação.

      Excluir
  7. Respostas
    1. Adoraria, mas o ingresso está caríssimo e duvido que seja melhor do que o show que eu vi dela em 2008.

      Mas, se me, derem...

      Excluir
    2. Encalhou feio. Tão dando ingresso quase de graça se você tiver os contatos certos.

      Excluir
  8. Pior que o Carioca só o Rio Carioca desaguando no Guandu! Só merda!

    ResponderExcluir