terça-feira, 31 de março de 2020

CORONAMUNDI

Estou há duas semanas semi-enfurnado em casa, só saindo para ir ao supermercado ou à farmácia. Claro que já estou de saco cheio, mas, como já disse antes, minha rotina mudou pouco: eu já faço home office há quase três anos. Também ajuda eu andar cheio de trabalho, o que é uma bênção nesses tempos incertos. Tenho vontade de rir quando vejo alguém se desesperando de tédio, querendo ler "Guerra e Paz" ou aprender a consertar liquidificador. Sei que poucos conseguem porque, afinal, ainda temos a TV e a internet. Já pensou, atravessar essa quarentena como se estivéssemos em 1918? E é justamente da TV e da internet que me veio uma sensação otimista. Tem muita gente dizendo que o mundo pós-pandemia será menos globalizado. Eu acho justamente o contrário. Temos acompanhado em tempo real o sofrimento causado pela covid-19 ao redor do planeta. Na China, no Irã, na Itália, nos Estados Unidos, no Brasil. Somos mesmo uma espécie só, e muito mais parecidos entre si do que gostaríamos. Em maior ou menor escala, os problemas são iguais: falta de hospitais, surtos de egoísmo, governantes imbecis. Longe de mim querer romantizar o coronavírus, como fez Madonna em um de seus deslizes recorrentes, ou Gabriela Pugliesi, que agradeceu ao universo por ter adoecido. Mas talvez esse cataclisma em escala global nos faça reconhecer nossa humanidade comum e nos deixe mais conectados do que éramos antes.

18 comentários:

  1. Daí daremos as mãos em volta da Amazônia incandescente e cantaremos Cumbaiá...

    🤣🤣🤣🤣🤣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 🤣🤣🤣🤣
      Escrotinho ele, vai...

      Excluir
  2. Eu vou ler Em busca do tempo perdido. Já há cinco anos na prateleira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca consigo ler todo, só leio partes... Nem a biografia de Proust consegui ler toda até hj, vc deu uma ideia!

      Excluir
    2. Mergulhe na leitura! É melhor emvolver-se em algo significativo e profundo do que em disputinhas passageiras

      Excluir
    3. Voces tem que parar de dar ouvidos a seres humanos só falando em seres humanos! SOMOS VISITADOS POR EXTRATERRESTRES FAZEM DÉCADAS PAGAMOS IMPOSTOS ALTÍSSIMOS "TRATAMENTOS" VAGABUNDOS DE CANCER E NADA ABSOLUTAMENTE NADA MUDA!!!

      Tem mais the SETENTA ANOS as mentiras!!!

      Meu PAI quase nasceu no dia da Batalha de Los Angeles!!

      (Não acreditem nas MENTIRAS dadas como "explicação". Minha família imediata toda tem dias dessas intervenções pacíficas deles na Terra.)

      CHEGA DE SERMOS ESCRAVOS DE MAÇON$ VAGABUNDOS MENTIROSOS!!!

      QUE SE ABSOLUTAMENTE SE A-C-H-A-M!!!

      Excluir
  3. Queria ser tão otimista como vc, Tony. Mas pandemia, verme, parasita sempre fazem aumentar a xenofobia e o medo do desconhecido. A globalização intermediada por telas, internet e Netflix vai continuar. Mas um mundo dominado pela extrema-direita, impulsionada pelo ódio e pelo nojo do diferente vai ter menos turismo, menos intercâmbio e menos empatia talvez

    ResponderExcluir
  4. O pessoal do QAnon estão falando que logo logo nós vamos perder a Internet por uns dez dias...

    Eu não vejo novelas da rede bobo mais! Me dão agonia de ver o MESMO papo furado de DÉCADAS atrás. Meu negócio é a "novela" do mundo "real" (das Operações Psicológicas que o governo empurra nas pessoas, tipo essa que estamos vivendo agora...).

    https://johnmichaelchambers.com/march-madness-ten-days-of-darkness/

    Precisam ver os comentários que os americanos estão fazendo nas redes sociais das "celebridades". Tem tudo a ver com o link acima!!

    Madona supostamente está na lista! For your information...

    Até Oprah - que foi "amiga" de João de Deus - os americanos estão acusando de estar no balaio do gato de trafico internacional de crianças (uma das coisas que eles estão apontando é sua amizade com João de Deus).

    Vivi para ver isso!! haha!! Gentchy BAFÃO do século!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Qanon redpillou a Mono.

      Ela está no círculo externo.

      Saberá acessar os círculos internos da ultra-extrema-direita?

      A conferir.

      Excluir
    2. Vagaba, SE o QAnon existe é porcausa da MINHA existência, e não the other way around, entendeu?

      Eu não sou "estudado" desde que me EMPURRARAM para fora do "circulos" "deles" lá em 2006 no Canadá... Por criticar o agora procurado por crimes de guerra Bush Jr.

      https://www.esquire.com/news-politics/politics/news/a35397/bush-cheney-war-crimes/

      Tudo bem que essa corte é "simbólica" mas PELO MENOS ele foi condenado em algum lugar.

      O QAnon não é extrema-direita. Isso é o que fala a mídia - controlada pelos oligarcas stanistas pedófilos que o QAnon diz que vão ser EXECUTADOS...

      O QAnon é uma iniciativa do EXÉRCITO americano (ou assim dizem E *tentam* nos convencer...)

      Quem entende inglês e quizer ver a explicação dessa mulher aqui sobre o "white rabbit" ("follow the white rabbit" que o QAnon vive falando em seus posts) com direito a "red pill blue pill" em cada mão pode checar ele aqui:

      https://youtu.be/nJINaINVhjA

      Aos 4min voce pode ver ele no fundo junto com o oficial do exército.

      Acho isso tudo muito ANTROPOLOGICAMENTE interessantíssimo.

      Não que eu acredite REALMENTE que ma$on$ que me empurraram para fora do Canadá por criticar o "patrão" deles em 2003/2006 vão PRENDER seus "irmãos".

      Mas é legal APRENDER e DIVIDIR!!

      MELHOR QUE NOVELA DA REDE BOBO! Ou a cafonisse do SBT ou safadeza da Record.

      Então entenda: EU VIM PRIMEIRO.

      A tão alardeada "mudança" das forças militares americanas vieram DEPOIS.

      Eu sou o agente. Eles são a consequência.

      Entendeu?

      Vagaba mediocre negativa!

      EU SOU O:

      SOL!!

      ENTENDEU?

      (Tem fotos no meu website sobre minha relação íntima com ele. Nunca viu?)

      Excluir
    3. É isso aqui num vídeo bem conhecido deles:

      https://youtu.be/NGuyUyRBsA4

      SUPOSTAMENTE.

      Explicado em portugues:

      https://youtu.be/yoU8dBpgpi8

      (Veja o coelho branco no vídeo acima e COMPARE com o vídeo daquela mulher falando do militar americano tirando foto com um coelho branco segurando um ovo azul e vermelho no fundo..)

      Excluir
    4. Entendi, Mono, você foi "excluída". Não consigo imaginar o porquê (risos)

      Excluir
  5. Susto eu tomei quando assisti Parasita e vi que Coreia do Sul poderia ser o Rio de Janeiro!

    ResponderExcluir
  6. O Mio Babbino Caro
    Gostaria de ter esse seu otimismo mas não consigo me convencer ou mesmo me enganar. Partindo mesmo desse seu blog que é um micro cosmos daquilo que vivemos aí fora. Sinceramente, haverá a mesma empatia malema entre seus iguais de resto permanecerá aqueles mesmos olhares e abjeções. Abrir mão disso para essa maioria é preferível a morte. O ódio é um dos sentimentos humanos mais alimentados e não são todos que tem vocação para servo.

    ResponderExcluir
  7. 09:53 Mono até quando sua vida ficará ancorada na longínqua expulsão do Canadá.
    Te amo

    ResponderExcluir
  8. Quem acha que o mundo será menos globalizado tem uma noção restrita do que é "globalização." O termo não se aplica somente às transações econômicas, mas também às comunicações, ao fluxo de ideologias, a questões culturais transnacionais. A internet é o lubrificante disso tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João ingenuo, a internet só serve pra nos controlar. Assim como a tv não informa nada de útil e é apenas pão e circo pro povo ser convencidos de besteira para a elite da rapina continuar dominando. Eu desde o inicio da crise de controle social estou usando as midias muito menos, pensando até trocar o cel por um nokia antigo de cobrinha pra viver mais no momento.

      Excluir