quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

FOR AULD LANG SYNE, MY JO

À meia-noite de amanhã, 31 de janeiro, o Reino Unido deixa a União Europeia. mas será para sempre? Os integrantes do Parlamento Europeu acham que não. Hoje eles se despediram de seus colegas britânicos da maneira mais elegante possível. Cantaram "Auld Lang Syne", a canção escocesa de despedida que, no Brasil, virou "Adeus, Amor, Eu Vou Partir". Só que a letra original não é um adeus definitivo: é um até breve. Quando essa onda de boçalidade que assola o mundo se dissipar, quando os jovens que não tinham idade para votar pelo Brexit forem ouvidos, quando a Escócia ameaçar cair fora, o R vai voltar para a UE. Deus vult.

8 comentários:

  1. Acho que a o Reino Unido vai se dezunir por completo. Não tem como 4 paises sobreviverem unidos com o grande sentimento nacionalista que anda crescendo por lá.

    ResponderExcluir
  2. Na pratica muda o que? A escocia vai ter libras ou inves de euros , é isso? Explica Tony pq eu sou bonita, inteligente eu to tentando....kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Kkkkkkk não vai demorar muito!!!! Quando os burros dos ingleses se derem conta que estarão enchendo os cofres americanos talvez pode ser tarde demais....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inglês burro?? TODOS os presidentes americanos tiveram relação parentesca de sangue com a família "real".

      Já ouviu falar da Cidade de Londres? Um ESTADO dentro da Inglaterra que a "rainha" tem que PEDIR PARA ENTRAR??

      Sheep é foda!

      Excluir
  4. E espero que os franceses façam o que eles fazem de melhor (lembrar vingativamente das magoas de cabocla com os britânicos #perfidealbion) e barrem ou dificultem bastante qualquer tentativa de retorno. Claro que fico triste pela penca de amigos britânicos que estão deprimidos com o fim da possibilidade de viver e trabalhar em qualquer pais do bloco. Mas os britânicos colocaram em risco a propria União Europeia. Imagina o que a sombra que vai pairar agora. Se o Reino Unido for mal, pobres britânicos. Se o Reino Unido for bem, isso vai atiçar os movimentos anti-UE de Paises Baixos, Austria, Italia.

    Os britânicos abriram uma caixa de pandora. Não é papel dos europeus irem ao resgate deles.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus do céu, primeiro era preciso outra eleição porquê os britânicos tinham mudado de ideia. Deu ruim. Agora os jovens precisam crescer para o país voltar à União da Repúblicas Socialistas da Europa. Adoro a capacidade incentiva da elite globalista.

    Mais fácil vermos outros países seguirem o exemplo do Reino Unido. Aposto na Itália, que viu seu padrão de vida desmoronar depois que trocou a lira pelo euro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tá ligado que, ao atacar a UE, tá fazendo o jogo da Rússia, néam?

      DeFu fazendo jus ao nome.

      Excluir
  6. O Mio Babbino Caro
    As pessoas esquecem muito fácil que já foram imigrantes.

    ResponderExcluir