sábado, 28 de dezembro de 2019

STAR WAS


Pronto, acabou. Levei quase 42 anos, mas vi todos os nove filmes oficiais da franquia "Star Wars" no cinema, na época em que foram lançados. O primeiro deles, em janeiro de 1978, foi em um cinema de Campinas: eu estava de férias na fazenda da minha então namorada e fizemos uma caravana ao cinema mais próximo. Claro que eu sei que, hoje sendo uma propriedade intelectual da Disney, "Star Wars" não vai acabar nunca. Já está rolando a série "The Mandalorian", que nem com Baby Yoda corre o risco de me pegar. Estou mais do que saciado depois de ter visto o episódio IX, "A Ascensão Skywalker", e não preciso estar com a Força tão cedo. Chega de jedis, chega de sabres de luz, chega de Chewbacca. "Star Wars" já era.

11 comentários:

  1. Tô contigo, Tony.
    Chega!

    ResponderExcluir
  2. Você seria capaz de eleger o pior e o melhor desta NONALOGIA? Eu nunca assisti nenhum... :(

    ResponderExcluir
  3. Tony tu escreveu "namaroda" é erro de ortografia ou tu já namorou com ?mulher ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive cinco namoradas entre os 16 e os 22 anos. Fui muito apaixonado por uma delas, que me fez sofrer muito.

      Excluir
    2. Nada como um macho para curar esse sofrimento...

      Excluir
    3. Oi? Conta mais...

      Excluir
    4. Quando ouço estes gays que tem namoradas , fico feliz por me , que sabia que era gay desde o minuto UM do meu nascimento e a minha mãe desde o minuto UM E MEIO e toda a minha família desde o minuto Dois do meu nascimento.

      Excluir
    5. 15:46. Tá precisando atualizar os seus conceitos sobre orientação sexual.

      Excluir
  4. Só nerd virjão incel que ainda aguenta SW.

    ResponderExcluir
  5. Tony onde você está no ano novo?

    ResponderExcluir
  6. Já eu estou doido pra ver e muito provavelmente sentirei saudades.

    ResponderExcluir