segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

PANCADÃO NA DEMOCRACIA

De onde virá a revolta que abalará o desgoverno Biroliro? Com certeza não virá da elite bem-pensante, por mais editoriais contra o autoritarismo que sejam publicados na grande imprensa. Muita gente no mercado financeiro ainda apoia o Paulo Guedes. Talvez venha da classe média, quando ela perceber que caiu em mais um conto do vigário? Pode ser, ainda mais se as reformas não surtirem efeito logo. Mas agora começo a acreditar que a revolta virá de baixo. Das camadas mais pobres e pretas da população. Porque o Estado brasileiro está em guerra contra elas: o massacre de Paraisópolis é mias uma prova de que as vidas negras não valem nada no país. E daí que morreram nove adolescentes pisoteados pela multidão acuada em um baile funk? Os minions se regojizam na bolsosfera. E o governador João Doria, ao invés de pedir desculpas ou mesmo jogar a culpa no Leonardo Di Caprio, avisa que não vai mudar nada na maneira de agir da PM paulista, para agradar ao eleitorado boçal que pode levá-lo ao Planalto em 2022. Mas os pretos e pobres não vão deixar passar batido. O pancadão desse fim de semana doeu demais, e o Brasil não é mais o mesmo da Revolta dos Malês. Agora os malês têm celular.

22 comentários:

  1. Isso é uma estratégia de longonprszo do estado brasileiro

    ResponderExcluir
  2. Qualquer pessoa informada sabe que nenhum movimento revolucionário nasce no lumpemproletariado, a não ser quando instrumentalizado por setores da elite.

    O problema é que praticamente ninguém está disposto a sair do condomínio e entender a favela, sem projetar suas próprias fantasias. Quem o fizer irá descobrir o quanto conservadoras são aquelas pessoas e o quanto se incomodam com os pancadões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não viaja! Essas pessoas estavam querendo se divertir e não fazer nada revolucionário acontece que vivemos em guerra civil e a elite tem medo dessa gente por isso estão constantemente sendo assassinados, presos, etc etc...Veja Israel, é a estratégia do genocídio matar e prender o inimigo.

      Excluir
  3. Quer ver um termômetro pra 2022? Veja se o Rio vai reeleger o bispo depois de tanta merda que tem sido o seu "bispado".

    ResponderExcluir
  4. Ué Tony, abandonou seu posto de puxa-saco da direita e admirador da Zelite? Agora fala mal da economia planejada pela Globo News e do Doria, amiguinho dos seus patrões? Virou "de esquerda"? Não odeia mais o PT? Não despreza mais o Lula? As pessoas mudam mesmo. Ainda bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu continuo onde sempre estive: no centro. Às vezes mais para a esquerda, às vezes mais para a direita.

      Nunca "odiei" o PT. Não votar em um partido (e eu votei algumas vezes em candidatos petistas) não significa "odiá-lo". Isso é coisa de gente imatura politicamente.

      E se você tivesse lido meu blog nos últimos tempos, saberia que meu alvo preferencial agora é o Biroliro, claro.

      Excluir
    2. ACHEI ESSE COMETÁRIO RIDICULO DO ANONIMO ACIMA..... DEVE TA BEBADA?
      DESDE QUANDO NÃO GOSTAR DO DORIA É AMAR O LULA????
      DESDE QUANDO FALAR DA DIREITA É SER FÃ DA ESQUERDA????
      SOFRO COM ISSO E MUITOS TBM SOFRE......
      TOTAL IMATURO O VERME APOIADOR DO LULA QUE COMENTOU.... TENHO DÓ DE ALGUNS ANONIMOS QUE COMENTAM AQUI....

      Excluir
  5. É muita morte pra meia duzia de imbecil encher o cu de dinheiro

    ResponderExcluir
  6. O único deputado gay de Cuba foi demitido. Luis Ángel Adán Roble, eleito pelos moradores do centro de Havana, ousou criticar Mariela Castro, filha de Raul, que administra a LGBT Inc. em Cuba. Ele "se tornou alguém dispensável para o establishment cubano".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que isto tem a ver com o post, minion? O fato de Cuba ser uma ditadura justifica o massacre de pretos e pobres no Brasil?

      Excluir
    2. 20:27 Doente,desonesto, má-fé, diante dos cadáveres dessas crianças assassinadas pela puuulicia vir falar de Cuba. Fala da Venezuela também é o que restou para indigente moral como
      Você.
      Se não for a DeFu é a DeFu.
      G-

      Excluir
  7. Tony... Se o povo não se revoltou durante os últimos anos com os 60.000 homicídios anuais, não será agora... Eu até faço uma previsão distópica: A economia melhora muito no ano que vem. Os índices de segurança melhoram muito. Bolsonaro ganha força o suficiente para avançar com as pautas mais reacionárias e perigosas. Ainda teremos que votar em um Doria ou Huck para evitar mais quatro anos dessa merda toda.

    ResponderExcluir
  8. Não concordo com a ação da polícia, mas também tenho imagino como deve ser insuportável para quem vive próximo ao lugar onde o baile era feito e não curte esse tipo de coisa. O cara se mata de trabalhar e não tem paz nem em casa. Porém, reitero que isso não é motivo para ter feito o que fizeram. O certo era organizar a coisa. Quando se organiza, não atrapalha ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas como pode a essa altura uma cabecinha de camarão dessa acreditar que a Puuulicia assassina nove crianças dessas por que suas algazarras estavam incomodando seus vizinhos de favela...My God. Quando imagino que as coisas estão ruins vejo que estão piores ainda.

      Excluir
  9. ninguém ligaria pra drogas, bebidas, menores ou qual o ritmo estaria tocando



    mas pobre, preto e favelado, a reação é essa que vemos por ai

    povo nao liga ou acha bom pq era tudo favelado, drogado etc







    país racista tem nome: Brasil

    ResponderExcluir
  10. O Mio Babbino Caro
    A degradação moral como povo e sociedade deve estar chegando ao Zênite por essas plagas. Tanto é que finalmente estamos começando a falar de escravidão em nossa formação social e de fato vamos ter que ler Joaquim Nabuco, Luiz Gama para tentar achar um rumo para essa pretensão de país. Os pêsames aos familiares. R.I.P. às vítimas e Next Fire!

    ResponderExcluir
  11. Tony, o Estado brasileiro sempre esteve em guerra contra os negros e pobres.

    ResponderExcluir
  12. As caras de criança nessas fotos. Horror.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino a sua, Demônio!
      G-

      Excluir
    2. Escuta, posso saber porque a senhora mal-amada das 13h51 sentiu necessidade de me atacar desse jeito? Por acaso não é mesmon um horror saber que essas crianças foram assassinadas? Demônio é você. Vaca.

      Excluir
    3. A senhoura das 13:51 achou que vc estava falando (devido ao preconceito intrinseco dela) que as crianças eram horrorosas por serem pobres.

      Excluir