sábado, 30 de novembro de 2019

OVO SEM SAUL

Foi só quando vi "O Filho de Saul", vencedor do Oscar de filme estrangeiro de 2014, que soube da existência dos Sonderkommando, prisioneiros judeus que eram obrigados a policiar os campos de concentração nazistas e até a matar outros judeus. Quase todos também acabaram mortos, mas os que sobreviveram carregaram uma culpa descomunal pelo resto da vida. Essas figuras trágicas são o assunto de "O Ovo de Ouro", uma rara peça brasileira sobre a Segunda Guerra Mundial, escrita pelo também ator Luccas Rapp. O grande Sérgio Mamberti faz um ex-Sonderkommando, que lembra com amargura das atrocidades que teve que cometer. Mas o que isto tem a ver com o Brasil de hoje? Muitíssimo: o desgoverno de Mijair tenta cooptar gente que era respeitável para suas hostes, e o resultado é um diretor de teatro de desfrutava de excelente reputação agora aponta desqualificados e fanáticos religiosos para os órgãos culturais estatais.

7 comentários:

  1. O que as pessoas não fazem para continuar no (ou passar a ter) o "poder".
    Tenho um colega de gestão governamental que sempre sonhou em um dia ser ministro...
    Quando o PT estava no governo, na esperança de ser promovido, era um socialista extremo, falando um montanha de besteiras e sendo motivo de piada de todo mundo...
    Agora, na esperança de ser promovido, é Bozonarista e continua falando um monte de besteiras (diferentes de antes) e sendo motivo de piada de todo mundo...
    No entanto, ele está com sorte, como esse governo tem poucos apoiadores, é capaz dele conseguir uma promoção.

    ResponderExcluir
  2. Tive o prazer de assistir essa linda peça, o Sergio sempre grandioso no palco brilha, mas lindo é a interpretação do Lucas Papp como protagonista da peça que ele mesmo escreveu precocemente com 21 anos.
    Fico feliz de o SESC investir tanto em teatro e cultura com preços super ascensíveis para a sociedade que acha que Cultura é caro, além de geras muitos empregos para a classe que está cada vez mais sem apoio desse governo chulo.
    Obs: Tony, acredita que não assisti o "O Filho de Saul" por receio de o filme terminar e esse que te escreve ficar mal".

    ResponderExcluir
  3. "Todo homem que se vende, recebe muito mais do que vale", já dizia o Barão de Itararé.

    ResponderExcluir
  4. Temos muitos capitães do mato entre nós, o BR tem milhares de espiões americanos, não sou eu que digo é o almirante othon. Eu estudei numa faculdade eles mentem sobre a misteriosa dívida pública e fui vítima de repressão que resultou em well...não vou nem entrar em detalhes apenas socorro.

    ResponderExcluir
  5. Quem é o diretor Tony? Dá pistas, nao vi nenhum.diretor de teatro respeitado apoiando o presidente, que coitado é uma ameba e nao teria condicoes de ser nem prefeito em uma cidade do interior e hoje é presidente kkkkk rir para nai chorar e isso tb é culpa da merda do pt , que deixou as pessoas em um.beco sem saida.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você plenamente... Lula x Bolsonaro é a briga entre Mumm-rá contra o Vingador... detesto esse governo de gente ignorante e militarista, mas to fora de colocar no governo a campada da capa vermelha do Lula...enfim, estou perdido ou esatamos perdido!!!

    ResponderExcluir