quarta-feira, 27 de novembro de 2019

O MORTO-VIVO DE PALMARES

Tive todas as condições de me mandar do Brasil quando jovem e não fui. Nunca me arrependi, até chegar o ano da graça de 2019. Estou horrorizado com o país onde eu nasci. Não imaginei que, depois de mais de 30 anos de democracia, tanta gente ainda apoiaria um governo autoritário. E olha que a ditadura militar jamais teve ministros tão fracos e despreparados como Weintraub ou Damares. Os escalões mais baixos, então, são um esgoto a céu aberto. Hoje fomos apresentados ao inacreditável Sérgio Nascimento de Camargo, que, para usar seu sonhado título de "negro de direita", ainda precisa estudar muito. Jornalista de quem nunca ninguém ouviu falar, o novo presidente da Fundação Palmares começou seu mandato metendo o pau em Zumbi, o herói do quilombo que dá nome ao seu cabide de emprego. Também mugiu que Marielle não era negra, que o Brasil não tem racismo e que a escravidão foi benéfica. Nos sites de notícias, os comentários são de virar o estômago: um monte de brancos aplaudindo e dizendo "é isto mesmo o que eu penso". Camargo é um zumbi no mau sentido, fugido de um spin-off de "The Walking Dead". Suas ideias apodrecidas cheiram muito mal.

19 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    O inferno é o limite (não, nem esse) o admirável também é aonde eles conseguem escavar essas figuras. Não tenho muito a acrescentar à sua descrição a não ser me perguntar como um ser desses dorme e passa seus dias.
    Ah sei...É aquele personagem de Ralph Elison em Homem Invisível que diz: "Conquistei meu lugar e aqui vou ficar. Nem que tenha que mandar todos os negros da América para a forca numa só tarde".

    ResponderExcluir
  2. O nome do que está acontecendo hoje no Brasil é um só, muito simples: Falta de educação. Obscurantistas e idiotas que querem disputar poder. Infelizmente, a tendência é nos concentrarmos em bolhas pois os zumbis estão crescendo e estão soltos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Falta de Educação" não se dá da noite pro dia. Foi todo trajeto da formação do Brasil, somado à displicência do PT com esse dado. Sem uma revolução educacional não sairemos desse quadro.
      G-

      Excluir
  3. Esse tipo de comentário (10:11)revela o fosso em que estamos. Apenas repete um clichê e coloca o PT no meio - a matriz do mesmo raciocínio que permite um mentecapto desses ocupar a Palmares. A educação é um problema crônico no Brasil e deveria ser total prioridade. O esforço dos governos petistas pode não ter sido suficiente mas passa ao largo da displicência. Para ficar só num aspecto, caro comentarista, procure dados a respeito do Bolsa Família, por exemplo. Os benefícios eram condicionados a manutenção dos filhos na escola. Procure saber dos programas de transporte rural, que mudaram uma realidade cronicamente perversa. Na questão da abrangência o avanço foi considerável, ainda mais para um país continental como o nosso. Falta agora avançar na questão da qualidade do ensino e também na educação para o trabalho. Realmente não se dá da noite para o dia. Mas pingos nos i's são importantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 11:14 Tô sem tempo agora daqui a pouquinho vou desenhar pra você.
      G-

      Excluir
  4. É foda, Tony...difícil querer voltar pro Brasil na situação atual.

    ResponderExcluir
  5. a entrevista dele que vocês se refere foi bem mais do que pinçar duas palavras infelizes, negros que vivem nas Américas ou Europa vivem bem melhor que na África e Ásia sim, senhor óbvio disse uma coisa óbvia
    as Carta Capital e Br247 até compreensível mentir e omitir descaradamente, agora você Tony
    que vergonha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Negros na Ásia?

      2) TODOS os negros das Américas vivem melhor do que na África?

      3) Vamos fazer um teste: você topa ser escravizado, acorrentado, açoitado e trabalhar até morrer sem ganhar um puto, sabendo que seus descendentes daqui a 200 anos viverão melhor que você?

      Ah, sim, os escravizados não sabiam.

      Vai tomar no cu, bolsominion racista filho da puta.

      Excluir
  6. Tony, cd meu comentário?

    ResponderExcluir
  7. Tony, você sabe que é um anão comparado ao nosso ministro da educação, certo?

    Tá na hora de assumir que flopou na vida, bee!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sou um anão. Minha ignorância e minha boçalidade são ínfimas se comparadas às de Weintraub.

      E flopei rude, porque, para você, não flopar é escrever em português errado e xingar na internet, feito o Weintraub.

      Excluir
  8. Vivi pra ver veado defender o Weintraub... E essas bichas ainda querem que as levem a sério...pqp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não está defendendo ninguém. Só quer encher o saco. Se tivesse namorado, não estaria por aqui extravasando ressentimento.

      Excluir
  9. Bola de Neve Church... -

    ResponderExcluir
  10. Não sei porque os esquerdopatas não se mudam para a Venezuela. Não entendo...

    ResponderExcluir
  11. 1) Negros na Ásia?

    2) TODOS os negros das Américas vivem melhor do que na África?

    3) Vamos fazer um teste: você topa ser escravizado, acorrentado, açoitado e trabalhar até morrer sem ganhar um puto, sabendo que seus descendentes daqui a 200 anos viverão melhor que você?

    Ah, sim, os escravizados não sabiam.

    [+1]

    ResponderExcluir
  12. Será que acharam um Fernando Feriado piorado?

    ResponderExcluir
  13. Ah, Tony meu herói. O que a gente diz quando alguém verbaliza exatamente o que pensamos? Vamos para Portugal! Ainda dá tempo. Não para começar uma carreira, mas para viver tranquilo.

    ResponderExcluir