sábado, 16 de novembro de 2019

LA LA EXPO

Ontem eu passei mais de duas horas dentro da exposição "Musicais no Cinema", e foi pouco. A mostra, criada originalmente para o Musée de la Musique de Paris, ficou ainda maior e melhor em sua versão no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, É uma imersão na história dos filmes musicais, e não só de Hollywood. Tem muitas produções francesas, claro, mas também do resto do mundo: Índia, Japão, China, Alemanha e, claro, Brasil. O visitante ganha um par de fones de ouvido na entrada (não precisa devolver na saída), para poder se plugar nas dezenas de telas espalhadas pelo MIS e se deleitar. Tem os clássicos que todo mundo conhece, mas também não faltam curiosidades. Como "My Fair Lady" na voz de Audrey Hepburn, que acabou sendo dublada por uma cantora melhor (mas não muito), ou Elza Soares bem novinha sambando em três filmes de Mazzaropi.
Toda a parte brasileira tem curadoria do jornalista Duda Leite, e está simplesmente sensacional. Tem a chanchada, claro, mas também os filmes de Roberto Carlos, musicais new wave dos anos 80 como "Bete Balanço" e coisas inclassificáveis de tão esquisitas. Carmen Miranda ganhou sua própria ala, recheada de vestidos e acessórios vindos do acervo de seu museu (que está fechado há anos, no Rio de Janeiro). Duda também conseguiu trazer dois figurinos originais de "Rocketman", que deve receber uma indicação ao Oscar da categoria. Uma seção é voltada para as crianças, com muitos desenhos animados e Mary Poppins, e não faltam cenários para a gente pagar mico e postar no Instagram. Em suma: deslumbrante. Preciso voltar antes que acabe, em fevereiro.

Um comentário:

  1. Também fui e adorei. É muito rica e inteligente. Fui no domingo passado ver no MIS novo a exposição sobre Leonardo Da Vinci, é muito boa mas fria. Essa com metade do dinheiro é muito mais direta. Volto para ouvir e ver novamente Musicais.

    ResponderExcluir