quarta-feira, 2 de outubro de 2019

FERNANDONA DA HISTÓRIA

Hoje eu consegui realizar um sonho antigo: conheci Fernanda Montenegro. Fui assistir à gravação do "Conversa com Bial" em que ela e Marta Góes, com quem escreveu suas memórias, eram as convidadas. No final, precisei ir cumprimentá-la. Precisei contar que quase nasci durante uma peça sua: "Com a Pulga Atrás da Orelha", no teatro Copacabana. Já contei essa história aqui no blog, mas vou contar de novo. No intervalo do espetáculo, minha mãe, que estava na plateia, sentiu as dores do parto e precisou ser levada ao hospital. No dia seguinte, saiu no jornal que "uma jovem saiu no meio da peça e deu à luz uma linda menina". O texto ainda dizia que minha mãe estava na dúvida se batizaria essa linda menina com o nome da personagem principal, dada sua moral dúbia. Fernanda riu, me abraçou e disse: "está tudo conectado!". Por ela, a atriz central do Brasil.

4 comentários: