quarta-feira, 16 de outubro de 2019

A LISTA DOS DESEJOS

A 43a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa amanhã para o público. Também já começaram os pedidos para que eu indique alguns filmes. Bom, o melhor de todos, eu acho que já vi: o coreano "Parasita", que teve exibição especial para a imprensa há alguns dias e estreia no Brasil no começo de novembro. Portanto, não é preciso desespero para vê-lo logo, ainda mais porque as sessões deverão estar lotadas. Também, mais cedo ou mais tarde, entram em cartaz os títulos nacionais. Era por isto que eu costumava pulá-los na Mostra, mas hoje em dia eu virei uma pessoa requisitada. Amigos me convidam para suas pré-estreias: assim, verei a comédia romântica "O Amor Dá Voltas", do Marcos Bernstein, e o documentário "Babenco - Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou", da Bárbara Paz. A Folha também me escalou para fazer a crítica de "Depois a Louca Sou Eu", adaptado do livro da Tati Bernardi (já vi e vou dar spoiler: é bom!). E o resto? Bom, nos últimos anos eu adotei um critério que tem se mostrado certeiro: dou preferência aos títulos escolhidos por seus países para representá-los na disputa pelo próximo Oscar  de filme internacional (ex-filme em língua estrangeira). Alguns deles estão na progamação deste ano, tais como:
"Empuxo", da Austrália
"Cavalos Roubados", da Noruega (e um dos favoritos a finalista);
"Honeyland", da Macedônia do Norte;
"La Mala Noche", do Equador;
"Monos", da Colômbia;
"A Odisseia dos Tontos", da Argentina (vai entrar em cartaz);
"O Paraíso Deve Ser Aqui", da Palestina
"O Pássaro Pintado", da República Tcheca; 
"Papicha", da Argélia (vai entrar em cartaz) ;
"System Crasher", da Alemanha; 
e, claro, "A Vida Invisível", do Brasil. Mas este só vai ter uma sessão de gala no Municipal e já estreia no dia 31 de outubro. Hmm, e o que mais? "Wasp Network",  o filme de abertura, "The Lighthouse" (ambos produzidos pelo brasileiro Rodrigo Teixeira) e "Dois Papas", do Fernando Meirelles, o filme de encerramento (e que em dezembro estará na Netflix). Claro que, como todo ano, a lista dos de fato vistos sairá bem diferente disso. Vou atualizando por aqui,

3 comentários:

  1. Jesus! Tive que procurar "Macedônia do Norte"no google para saber onde fica.

    ResponderExcluir
  2. Li "O Pássaro Pintado", do Jerzy Kosinsky quando era adolescente e fiquei muito impressionado, é um livro realmente maravilhoso. Acabei de ver o trailer no Youtube e parece terem sido fiéis à obra. Obrigado Tony pela indicação!

    ResponderExcluir
  3. Dois Papas foi um dos burburinhos do Telluride. Estou curioso

    ResponderExcluir