quarta-feira, 4 de setembro de 2019

PACHÁ E CAUXI

O Cauxi está de volta. Depois de morar conosco entre 2012 e 2013, o gato amazonense da minha enteada voltou a São Paulo. Junto com ele chegou o Pachá, um siamês nascido em Brasília. Habituado a viajar e a trocar de estado, Cauxi foi despachado e desembarcou como se nada. Explorou a casa e está à vontade. Já o Pachá encarou um avião pela primeira vez. Veio na cabine junto com meu marido e se escondeu embaixo de um móvel assim que saiu da bolsa. Só agora que anoiteceu é que ele se aventurou a conhecer o apartamento. Os dois vão estranhar muito: até a manhã de hoje, moravam em uma casa nos arredores de Cavalcante, na Chapada dos Veadeiros. Agora vivem na região da av. Paulista. Só sairão daqui quando minha enteada, que está de mudança com a família para Lisboa, puder recebê-los por lá. Nesse momento, seria trabalheira demais. Já bastam duas crianças. Melhor para mim, que voltei a ter a casa cheia de bichos.

6 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    EheheheheMiau

    ResponderExcluir
  2. Adoro Amo Bichos. Se tivesse tempo prá fazer outra graduação, seria Veterinária.

    ResponderExcluir
  3. Depois de gerações sendo dog person, virou cat person?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou bi. Já tive gato antes. O próprio Cauxi passou uma longa temporada aqui em casa.

      (mas prefiro cachorro...)

      Excluir
  4. Amo gatos e cachorros, cada um com seu jeitinho peculiar de ser. Gatos fazem mt bem pro ambiente, energeticamente falando. Quem sabe não estão limpando a área pra um novo dog? Aproveite mt o tempo com os bichanos! S2

    ResponderExcluir