terça-feira, 10 de setembro de 2019

MARKETING DO ÓDIO

Era uma vez uma pequena cervejaria do sul do Brasil. Sem dinheiro para uma grande campanha publicitária nem um diferencial forte para seu produto, seus donos resolveram apelar. Publicaram o banner ao lado em sua página no Facebook, na esperança de receber pedidos de todo o país. Os comentários negativos se acumularam, e os homofóbicos postaram que estão sendo vítimas da intolerância, ai que dó. Parece até que estamos na Polônia. Processo neles?

11 comentários:

  1. Sem dúvida, na Polônia os nazistas tiveram que pedir pro povo não maltratar tanto os judeus. A Polônia sempre foi o que é. Já leu o livro neighbors?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava pensando na Polônia atual, onde uma revista semanal oferece de brinde um adesivo anti-LGBT.

      Excluir
  2. Ser "contra a militância" não configura necessariamente homofobia. Então, no caso de uma cervejaria desconhecida, a propaganda negativa é melhor do que nada. Eu não dou atenção, nem mesmo clico no link, tenho receio que esse tipo de posicionamento se multiplique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser “contra a militância” é mal disfarçar a homofobia. A militância só quer direitos iguais. Quem é contra isso é homofóbico. E ponto final!

      Excluir
  3. as bibas nao aprendem neh (no caso nao aprenderam o axioma inexoravel de cersei) TODOS AQUELES QUE NAO SAO NOS, _SAO NOSSOS INIMIGOS_

    ResponderExcluir
  4. Só fico a imaginar a porcaria de cerveja que deve ser!!!

    ResponderExcluir
  5. Pau no cu dessa cerveja que nem li o nome. E pronto.

    ResponderExcluir
  6. Cerveja católica , deve vir acompanhada de uma porçãozinha de hóstia frita, só pode ser isso .

    ResponderExcluir
  7. O slogan poderia passar a ser "a cerveja do ignorante".

    ResponderExcluir
  8. E pensar que eu nunca saberia dessa bosta de cerveja se não fosse a propaganda feita pelo seu blog. Não dê palco para gentalha.

    ResponderExcluir