sábado, 28 de setembro de 2019

JANOT TE AMO MAIS

O Brasil tem tradição em políticos que resolvem suas desavenças à bala (ou punhalada, como a que liquidou Pinheiro Machado). A novidade é a admissão do desejo de matar, sem que o crime tenha sido consumado. Onde é que Rodrigo Janot estava com a cabeça? Ele achou que essa confissão iria bombar as vendas de seu livro - onde, aliás, nenhum boi é nomeado? Ou ele está só trocando de medicação? Líder por duas vezes da lista tríplice elaborada pelos procuradores, o ex-PGR mostrou que não merecia tanta confiança de seus pares. Manchou a própria biografia e virou piada. Já para o combate à corrupção, as consequências ainda não estão claras. O único que sabemos é que o roteirista do Brasil é ruim, posto que inverossímil.

6 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    Tony diz a mim, seria o Brasil a nação mais surreal do hemisfério Sul. Suportaremos até quando essa carga de desatino, eu quero acreditar que nós não vamos nos humilhar tanto por mais tempo.
    Talvez tudo seja bobagem e a politica seja um jogo de coringas com sacos de diamantes pra entreter a platéia que somos nós.
    "Meu alcance é limitado"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Surreal??? De surreal não temos nada!!! Temos é muita imoralidade, ignorância e etc... isso é terra de bandidos!!!!

      Excluir
  2. Janto fez mal, com certeza. Mas pior ainda foi o Supremo cassar o porte de arma do Janot sem processo judicial, pedir à PF fazer uma vasculha na casa dele (also sem processo judicial). O Supremo se mostra cada vez mais sujo e autoritário. Uma pena, já que poderia ser o poder para servir de exemplo para os outros dois.

    ResponderExcluir
  3. Hoje todo mundo faz esses memes como se nada fossem.

    Eu me ferrei na época da administração da bichona enrustida do Bush Jr.

    Queria que alguém me explicasse o porque!

    Não são a favor, escrita em lei, da "liberdade de expressão"??

    ResponderExcluir