sexta-feira, 26 de julho de 2019

A RAINHA LEOA


Confesso que às vezes Beyoncé me dá preguiça. Dou total apoio às suas mensagens de empoderamento e autoestima, mas tem uma hora que me cansa vê-la posando de diva absoluta (e, antes que me acusem de qualquer coisa, digo que Madonna também me enjoa de vez em quando). Dito isso, adorei "The Gift", o álbum de inspiração africana que Bey lançou na esteira do "Rei Leão". É variadíssimo, mistura tradição e modernidade na medida certa e tem tantos feats que o egocentrismo da anfitriã fica diluído. Eu só removeria todos os diálogos do filme, que acabam por diminuir a envergadura do projeto. Afinal, não se trata de uma trilha alternativa, apesar da bombástica "Spirit" - o provável Oscar de melhor canção deste ano - tocar em uma cena do remake. No mais, Beyoncé só confirma seu direito ao trono.

8 comentários:

  1. Tony já assistiu Flesh and Bone?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nope. Nem sei do que se trata.

      Excluir
    2. É da Amazon. É maravilhosa.
      https://youtu.be/1IMKDcDkwv4


      Excluir
  2. Ela foi criticada por não chamar artistas quenianos... sera o caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer coisa que se faça hoje em dia será criticada por não ser inclusiva o bastante.

      Beyoncé nunca disse que queria homenagear TODA a África com "The Gift". Mas tem gente qu eleva o pé da letra.

      Os músicos africanos que aparecem no disco vêm da África Ocidental e da África do Sul, as duas regiões do continente cujas músicas são mais conhecidas nos EUA.

      Mas a música do Quênia e da África Oriental é quase desconhecida. Inclusive porque a diáspora dessa região - que quase não foi tocada pela escravidão - é bem pequena.

      Excluir
  3. Caralhooo, eu pensei isso outro dia, o carão dela e Madonna cansa, às vezes. Legal mesmo é a Rihanna que tem cara que se embebeda e divide o back com os amigos. Rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Ainda teremos Frozen 2. Penso que ainda é cedo para falar em Oscar de melhor canção, até porque todos as canções inéditas das refilmagens da Disney até o presente, nenhuma foi indicada.

    ResponderExcluir
  5. Beyoncé para mim = zzzzzzzzz (sono eterno)

    ResponderExcluir