terça-feira, 25 de junho de 2019

PETRA SOBRE PETRA


A turbulência política que se instaurou no Brasil desde as manifestações de 2013 já rendeu alguns documentários. Mas nenhum teve tanta repercussão quanto "Democracia em Vertigem", creio que por duas razões. A primeira é a Netflix: é muito mais fácil alguém ver esse tipo de filme em casa do que sair, pagar estacionamento, comprar ingresso caro e pipoca a 20 reais. A segunda é que a diretora Petra Costa consegue dar um tom bastante equilibrado, apesar de ter um ponto de vista claro (lembremos que cineasta não precisa ser imparcial e cinema não é jornalismo). A moça tem uma história de vida peculiar. Seu avô foi um dos fundadores da Andrade & Gutierrez, uma das maiores empreiteiras do país e frequentadora dos inquéritos da Lava-Jato. Já seus pais foram militantes de esquerda, que passaram um tempo no exílio. Na locução em off, a diretora assume com todas as letras que pertence à classe rica, e não endeusa Lula nem Dilma. Também consegue imagens históricas da intimidade dos dois ex-presidentes, jamais vistas em outro lugar. O tom didático explica o imbroglio brasileiro aos gringos, e "Democracia em Vertigem" já está cotado ao Oscar. Não traz novidades para quem acompanha o noticiário com atenção, mas serve como uma visão panorâmica dos últimos seis anos. É um filme interessante, a que se assiste com prazer. E ninguém é obrigado a concordar com a opinião de Petra Costa. Afinal, ainda somos uma democracia.

31 comentários:

  1. DEMOCRACIA? Risos!!! Na entrevista do snowden na rede bobo ele menciona Petrobras Huwaei e Gasprom. Lula e Meng Wanzou estão os 2 presos, meng é a filha do fundador da Huwaei faça as contas. ESTAMOS EM UMA DITADURA!!!!! E das mais fascistas com direito a integralistas de Curitiba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente aqui ACHA que tem muito a perder se chamar as coisas pelo nome que de fato devem ser chamadas.

      Excluir
    2. VEREADORA NEGRA MORTA = integralistas

      Excluir
  2. Democracia só pra quem assiste a rede bobo

    ResponderExcluir
  3. Rede criminosa CIA de televisão

    ResponderExcluir
  4. Você apontar que estamos numa democracia é o mesmo quando fala que o genocida Netanyahu é líder de um país democrata. Houve um golpe pra vagabundo continuar escravizando e roubando através da dívida pública e colocar os lucros do petróleo no bolso!! Estão numa festinha num yatch nesse momento e nós numa ditadura fascista. Só porque você é racista e não gosta do Lula não tem O DIREITO de falar que estamos numa democracia BABACA!

    ResponderExcluir
  5. Tem uma coisa muito sinistra, muito estranha acontecendo desde muito tempo. Muito! A gente não entende ainda mas no futuro ficará claro, aliás já está ficando. Horror!

    ResponderExcluir
  6. A Globo é organização criminosa e quem aparece lá é cúmplice. Você! Sabe quem eu acho que colocou o Moro lá os caras do Banestado.

    ResponderExcluir
  7. Resumiu tudo: excelente pra mostrar pros amigos gringos. E pena que tenha sido finalizado em janeiro. IMAGINE se tivesse dado tempo de incluir a VazaJato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pera aí cara você não acha que EUA e aliados foram responsáveis por essa porra toda?

      Excluir
  8. É importante assistir com essa RESSALVA em mente:

    Pietra Costa é filha de Manoel Costa e Marília Andrade, que nos anos 1970 eram militantes do PCdoB/PT. Marília é filha de Sérgio Andrade, um dos fundadores da construtora Andrade Gutierrez. Comunista ricaça.
    Pietra é representante da esquerda caviar, estudou cinema em Nova York e Londres, não em Havana.
    Quando Lurian, a filha de Lula e Miriam Cordeiro, foi envolvida na eleição de 1989 pela campanha de Fernando Collor, a garota teve de sair de cena para evitar maior exploração política pela imprensa. Lurian foi enviada a Paris e ficou morando no apartamento de... Marília Andrade!

    ResponderExcluir
  9. Eita!!!! Temos os piores ricos isso é fato.

    ResponderExcluir
  10. qual o problema em ser bilhardaria e comuna? Pra mim coisa mais
    normal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida não existe pobre comuna.

      Excluir
  11. Será que ainda somos uma democracia ? Com tanto jornalista tendo as cabeças pedidas ? Shereherazade, Amorim, Vilas Boas... as ameaças de morte ao próprio Glenn. Quem diria que os jornalistas de programa da grande mídia iriam sentir saudades da ditadura sic petista que jamais censurou nada... esse é o país da BAIXA qualidade, juízes, políticos, religiosos, médicos, jornalistas, faculdades... tudo aqui é raso, inconsistente, desqualificado. O maior jornalista hoje no Brasil é um norte-americano, que está dando lições de ética e profissionalismo aos colegas brasileiros. Somos um país de BAIXO Capital Humano, com a elite mais ignorante, vulgar e inescrupulosa do planeta. Desculpe o desabafo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos com calma. Sheherazade, PHA e Villa trabalham (ou trabalhavam) em veículos que apoiam explicitamente o Biroliro. São canais e rádios que, além de tudo, estão de olho em verbas publicitárias do governo. O Bozo não conseguiria que Globo, Folha ou Estadão afastassem alguém só porque ele quer. Nesse ponto, ainda somos uma democracia.

      Greenwald é competente, mas também um pavão. A fama dele no meio jornalístico é de biscoiteiro. E a vida nos ensina que não devemos transformar ninguém em herói porque ninguém é.

      Excluir
    2. Tony, você não tem nem como se deixar enganar pela Globo,, representante máxima dessa elite inculta e sem escrúpulos...que se renderia com facilidade as “verbas publicitárias do governo do Biroliro”.. Ocorre que a influência crentelha e olavista exigem que o Bozo não tenha nenhum tipo de relação com a Globo. A Globo não foi excluída porque quer, mas porque querem que seja excluída. Só é obrigada a defender Moro porque participou ativamente do conluio.
      Não entendi a referência do pavão a Greenwald.. acho ele muito mais profissional e discreto do que a maioria dos profissionais brasileiros da comunicação.. ocorre que seu trabalho é consistente e está em evidência, então é natural que o assediem ... Jealousy ?
      Talvez isso seja incomum , mas o que a comunicação brasileira classifica como “biscoiteiro” seja uma interpretação enciumada dos princípios do Glenn, valores desvalorizados ou inexistentes na grande mídia nacional.

      Excluir
    3. Adoro quando gente de fora do jornalismo vem me explicar como funciona o jornalismo e como são as empresas nas quais eu já trabalhei ou ainda trabalho (mas ele não).

      Excluir
    4. Tem razão, não compartilho dos detalhes dessa promiscuidade... só sei que sua existência não é “fanfic” - usando uma de suas expressões favoritas.. mas sei que você também não pode esclarecer aqui.

      Excluir
    5. Só pelo uso da palavra "promiscuidade" já deu para perceber que você não faz a mais puta ideia do que está falando.

      Excluir
    6. Provavelmente não sei mesmo... mas vc deixou evidente também que não pode esclarecer.. só sei que o que vc publica na folha passa por um filtro... e que vc c o profissional de comunicação obediente conhece os limites desse filtro e procura não ultrapassa los. Se não sei p que estou falando, . porque vc não transparece ? É algo muito sigiloso ?

      Excluir
    7. Eu posso contar como é na Folha. Todas as colunas de opinião passam pela Secretaria de Redação. Não é para policiar para que elas estejam em linha com a opinião "oficial" do jornal, expressa no editoriais da segunda página. Ao contrário: a Folha é o único grande jornal brasileiro que faz questão de ter colunistas de todos os matizes ideológicos (e agora está fazendo um esforço para ter mais mulheres e negros). É só para identificar pontos que possam resultar em processos contra o jornal. Mesmo assim, passou pela SR o meu texto para o F% que me fez ser processado pelo Alexandre Frota. A Folha me defendeu (acionou seus advogados) e o Frota perdeu.

      Excluir
    8. Miga... ao contrário do que vc quer fazer crer, a Folha não precisa te censurar porque vc mesmo se filtra ao postar na Folha... vai lá e classifica o “biroliro” como “ditador” e outros muitos adjetivos como vc já fez aqui varias vezes no seu próprio blog. . Te desafio.. rsrs

      Excluir
    9. São veículos diferentes, com públicos diferentes e linguagens diferentes.

      No mais, você acha mesmo que eu vou aceitar desafio de um anônimo desavisado?

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
  12. "a Folha é o único grande jornal brasileiro que faz questão de ter colunistas de todos os matizes ideológicos". Isso confirma o que dizem por aí que você só está lá para cumprir quota?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para cumprir cota de viado? Sinto informar, mas é o que não falta na Folha.

      Excluir
  13. Quem definiu bem o tony foi o Danilo Gentilli naquela treta , chamando ele de "ponderadao".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Porcelana? Ele nunca mais tocou no meu nome depois que eu disse na Folha que a cútis dele era delicada feito porcelana.

      Excluir
  14. Gentemmm não esqueçam que o Glenn mostrou a vilania do grande herói brasileiro Sergio MORO e do presidente honesto Fernando Henrique Cardoso, então é normal o ódio e os adjetivos " biscoiteiro" , "pavão " direcionado a pessoa dele.

    Leva tempo para as pessoas se acostmarem verdadeiramente com a sombras de seus heróis.

    ResponderExcluir
  15. Acabei de assistir... estou chorando. muito lindo e bem feito.

    ResponderExcluir