terça-feira, 18 de junho de 2019

A FLOR PEITA O GIGANTE

Em 1989, a ditadura chinesa não teve o menor escrúpulo em promover um massacre na Praça da Paz Celestial, em Pequim, onde, havia meses, se concentravam manifestantes contra o regime. Por que não fizeram o mesmo agora, contra os milhões de pessoas que saíram às ruas de Hong Kong? Porque, antes de mais nada, seria um desastre de relações públicas. Num momento em que a China tenta se vender como uma potência benigna, que ajuda os países pobrezinhos a construir portos e estradas, pegaria muito mal uma nova chacina - ainda mais em uma ex-colônia inglesa, que culturalmente ainda faz parte do Ocidente. Segundo, porque tal repressão provocaria uma fuga de capitais. Hong Kong talvez deixasse de ser um pólo financeiro, e isto traria repercussões indesejadas para todo o sul da China. Nas últimas décadas, floresceram por lá megalópoles com Shenzhen e Guangzhou, mas Hong Kong é o centro, o esteio e a razão de ser dessa próspera região. Mesmo assim, não deixa de ser curioso ver os chineses enfiarem a viola no saco. A tal da lei que previa a deportação para o continente de criminosos da ilha tentou pegar carona num rumoroso caso de assassinato do ano passado, mas o povo de Hong Kong é gato escaldado e sentiu de longe o cheiro da tramoia. A flor que orna sua bandeira se mostrou, por enquanto, capaz de dobrar o gigante chinês. Mas por quanto tempo ainda?

26 comentários:

  1. Olha, não sou especialista no caso, mas no ocidente sempre tentam igualar comunismo com ditadura e regimes de exceção, tudo vem com forte propaganda anticomunista. Só para lembrar q ataques homofóbicos acontecem na parada de Cuba e China, do msm modo q ocorrem em países capitalistas como Brasil e EUA. Do msm modo q EUA capitalista colocou muitos asiáticos em campos de concentração durante a 2 GM.
    Nick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma coisa é a homofobia de individuos, qualquer sociedade por mais liberal que seja sempre vai ter os mais atrasados outra é a homofobia promovida pelo estado, China é um país assumidamente homofobico e até proibi filmes que tenham personages gays, assim como a Rússia, Irã, Coréia do Norte, etc,
      parte da esquerda tem que parar de apoiar qualquer país atrasado só porque são contra os EUA e o capitalismo, ou vão criar monstros piores do que aqueles que criticam.

      Excluir
    2. 1-"parte da esquerda tem que parar de apoiar qualquer país atrasado só porque são contra os EUA e o capitalismo" Ué então pq os EUA, independente de gov. democratas ou republicanos, apoia a Arábia Saudita?
      2-"outra é a homofobia promovida pelo estado," Já viu os juizes do "bible belt" americano e os políticos republicanos do sul dos EUA?
      Nick

      Excluir
    3. Vc não intende de geopolítica, vc vive no mundo da fantasia utópico de esquerda, longe da realidade.

      "Já viu os juizes do "bible belt" americano e os políticos republicanos do sul dos EUA?", E dai? Gatos pingados, o casamento homossexual já foi aprovado, Prefeito gay entra na disputa à Presidência dos EUA, existem parada gay, diversos filmes e seriados com personagens gays, agora porque vc não se muda para o Irã pra ser enforcado ou pra Rússia pra ser esquartejado?

      Excluir
    4. Mas o utopismo dos extremos é parcialmente motivado pelo que Hannah Arendt identificou como o desejo de localizar “uma fuga suicida da… realidade”. A liberdade é uma faca de dois gumes afinal de contas: deixa a pessoa responsável por suas próprias decisões, pelo menos até certo ponto. Isso pode gerar uma crise existencial que, como advertiu Albert Camus, pode provocar uma busca frenética por uma escotilha de escape, seja através do suicídio ou da submersão em uma causa que pretende trocar a ambigüidade do liberalismo pela perfeição humana.

      Excluir
    5. Há algo terrivelmente sórdido no turismo revolucionário. Lembro-me de uma observação do escritor Gabriel Garcia Marquez sobre Cuba. Um amigo pessoal de Fidel Castro, Garcia Marquez disse ao The New York Times que ele pessoalmente nunca poderia viver sob o sistema comunista cubano. “Eu sentiria falta de muitas coisas. Eu não poderia viver com a falta de informação. Sou um leitor voraz de jornais e revistas de todo o mundo ”. No entanto, para os cubanos, tais privações eram aparentemente aceitáveis.

      Excluir
    6. Anônimo das 16:04:
      1- "porque vc não se muda para o Irã pra ser enforcado ou pra Rússia pra ser esquartejado?" Na Rússia vc pode ser gay, só não pode demostrar afeto em público, não muito diferente do Brasil q se vc mostrar afeto em público vai sofrer violência e PMs gays sofrem violência institucional tbm no Brasil! E se for pra eu me mudar para um país vou para os escandinavos que foram governados pela ESQUERDA durante MUITO tempo e onde a ESQUERDA é muito FORTE!
      Nick

      Excluir
  2. Morre mais gente aqui do que na China. O Brasil viola mais direitos humanos que a China, a indústria das armas promovem um massacre de pobres. E você reclama da China? Please

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o whataboutism aí, gente!

      Excluir
    2. Parte da esquerda anti-americana adora criticar a direita a chamando de vira lata dos americamos e anti-nacionalista mas aqui vemos também viralatanismo puxando o saco da China e denegrindo o próprio país. Hipocrisia a gente vê por aqui.

      Excluir
    3. E dai que a China tem menos violência que o Brasil? Que dizer que agora temos sacrficar nossa liberdade pra termos mais segurança? Países como a Noruega, Japão, Portugal não precisaram tirar sua liberdade pra ter mais segurança, educação e saúde, isso é papo furado. Esquerda fazendo apologia a ditaduras com a desculpa que deixa o "país mais seguro" só mostra que ambas as ideologias são o mesmo lado da moeda. Cuidado Tony Goes, extrema esquerda pode ser tão ruim quanto a extrema direita.

      Excluir
    4. Cuidado com a extrema esquerda? Eu?

      Você leu o post acima?

      Você sabe ler?

      Excluir
    5. Calma, eu só estou dizendo que a melhor alternativa é o liberal de centro.

      Excluir
    6. Nada, os chineses são diferentes, olham pra democracia indiana e aquela miséria não se interessam por isso. O Brasil não vai bem de direitos humanos e não tem uma elite sofisticada como a Chinesa que melhorou a qualidade de vida para todos. Não estou passando o pano como fizeram no Senado hoje com o Moro (vocês viram ele tremer?) mas apenas ressaltando que devemos respeitar a China e seus costumes, se querem democracia que se organizem! Fiz uma viagem recente pra Itália e só dava Chines, vi poucos americanos, até meados de 2000 os americanos dominavam, tudo...Escreva um post sobre o massacre do povo negro no BR e aí conversamos.

      Excluir
    7. O Brasil não tem liberdade nem de expressão, 3 em encarecimento em massa, campeão de assassinatos de preto e pobre, não tem nada aqui a não ser uma elite perversa, seu aparato repressivo de estado e amigos imperialistas, só isso! Nem estado de direito é e adivinhe, estamos todos sendo monitorados! Prefiro a China que vai dominar o mundo que esse lixo rede Globo.

      Excluir
    8. É verdade cara, a "China é um exemplo de direitos humanos" mesmo que tenham campos de concentração...

      Escritor Uighur proeminente morre em acampamento de internamento chinês
      https://www.voanews.com/extremism-watch/prominent-uighur-writer-dies-chinese-internment-camp

      Excluir
    9. Estados Unidos tem "campos de concentração" tbm atualmente, só que em outros países, que se chama "Prisão de Guantánamo". A presidente da empresa chinesa de tecnologia foi presa no ocidente, sem cometer crime algum, queria ver o alarde se fosse um executivo americano preso assim na China!
      Nick

      Excluir
    10. Estados Unidos, Estados Unidos, Estados Unidos... Que obssessão doentia pelos Estados Unidos. Sim , eles também desrespeitam direitos humanos mas isso não isenta a China.

      Excluir
    11. “É a qualidade peculiar de um tolo perceber os defeitos dos outros e esquecer os seus.”

      Excluir
    12. 15:57 Porque TODOS escondem a existência de visitantes pacíficos extraterrestres por DÉCADAS???

      https://youtu.be/1od2LtRpjS4

      Excluir
    13. China detém 1 milhão de uigures em "zonas sem direitos", diz ONU

      https://www.dw.com/pt-br/china-det%C3%A9m-1-milh%C3%A3o-de-uigures-em-zonas-sem-direitos-diz-onu/a-45046135

      Excluir
    14. Monotemática vai se ferrar com essas merdas de vídeos de teorias de conspiração.

      Excluir
  3. Nas palavras do Jean Jaques Annaud direto do IMDb on China] When I go to Paris my heart sinks. I feel people aren't happy. They understand that their country is not what it was; that the lives of their children are not going to be as good as theirs. China is just the opposite. We still have a vision of China as very rigid, with officials who are like puppets. It's just the opposite! Under the uniform they are living creatures, full of joy! The new China is like Spain after Franco. Or America in the 1970s. People know they are going to run the world. [2013]

    ResponderExcluir
  4. São RUDES. Egoístas. Imundos. E pão duros em gorjetas. Adoram andar em BANDO. Com máfias cruéis. Um HORROR!

    ResponderExcluir
  5. São mais humanos que os brasileiros.

    ResponderExcluir