domingo, 19 de maio de 2019

VISÃO DA PARADIS


O século 18 é um período interessantíssimo. Foi quando o Ocidente disparou na dianteira, deixando a China muito para trás, graças a revoluções políticas - a Francesa, a Americana - e tecnológicas - a Industrial. A religião começou a recuar com o avanço do Iluminismo, e muita gente transferiu parte de sua fé para a ciência. O que proporcionou o surgimento de um novo tipo de charlatão, que não precisava apelar para o além para justificar seus supostos poderes. O mais famoso foi Franz Anton Mesmer, cujo maior legado é a expressão "mesmerizado" presente em várias línguas. Talvez não se possa classificá-lo como um vigarista: Mesmer acreditava mesmo no "magnetismo animal", cujos fluidos invisíveis permeavam toda a natureza. Suas teorias e terapias fizeram enorme sucesso nas cortes europeias. E sua mais célebre cliente foi a pianista austríaca Maria Theresia Paradis, que perdera a visão por causa de uma doença degenerativa. O filme de Barbara Albert trata da relação entre os dois, que durou pouco mais de um ano. Eu adoro um drama de época, ainda mais dessa época, mas não consegui me encantar. Mas cenários e figurinos são de encher os olhos - menos o da protagonista cega, hahahahahaha.

3 comentários:

  1. Li o título e já pensei que era post sobre a vanessa paradis

    ResponderExcluir
  2. Sei não... mas acho que a revolução industrial é no século seguinte, justamente como consequência desse avanço do Ocidente que vc aponta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A primeira revolução industrial começou por volta de 1760 como consequência do uso industrial do motor a vapor.

      Excluir