sexta-feira, 3 de maio de 2019

PETE É O MAYOR

Uma das coisas que me ajudam a suportar esses tempos de boçalidade é a emergência de jovens líderes progressistas, no Brasil e no exterior. Um dos mais interessantes é Pete Buttigieg, o primeiro pré-candidato à presidência dos EUA abertamente gay. O cara tem 37 anos e um currículo de arregalar os olhos: formou-se em Harvard, lutou no Afeganistão, fala sete línguas (inclusive árabe, dari e maltês). Está apenas no segundo mandato de prefeito de uma cidade do interior do estado de Indiana, mas vem atraindo a atenção da mídia e dinheiro de doadores. Esta semana, ele e seu marido Chasten adornam a capa da revista Time (ou Times, como dizem os minions). Tanto sucesso já começa a produzir uma contrarreação. Um ativista de extrema -direita contratou um sujeito para denunciar Buttigieg por abuso sexual; a farsa já foi desmontada, mas pode vir mais por aí. Mais graves são as fissuras dentro do movimento LGBT. Há quem diga que Buttigieg (ou Mayor Pete, já que seu sobrenome é impronunciável) não é gay o suficiente. Ou que suas ideias até que são OK, mas o que estraga é ele não ser uma lésbica negra obesa. É curioso como tem gente que parte para o tudo ou nada, e se recusa a pensar em termos estratégicos. Mayor Pete é um cavalo de Troia, que tem todas as qualidades prezadas pelos conservadores - bom aluno, patriota, homem de família, responsável - mas também um marido, que ele faz questão de beijar em público. Sei que ainda falta muito tempo para a indicação do partido Democrata e que o ex-vice-presidente Joe Biden é o favorito para consegui-la (também será o candidato mais facilmente mastigado por Trump). Mas, de repente, Buttigieg consegue um lugar de vice na chapa - como, aliás, era o plano do Obama antes de sua popularidade crescer e atropelar Hillary, em 2008. Agora, imagina a cara do Mijair se ele for eleito. O imbecil do nosso presidente ontem exortou os argentinos a não votarem em Cristina Kirchner. Deveria ser óbvio que o mandatário de uma nação não pode torcer abertamente nas eleições de outra nação. Como ficam nossas relações com a Argentina se Cristina for reeleita? E como ficam com os EUA, se tiver uma bicha na Casa Branca?

19 comentários:

  1. Eu ainda acho que a Michelle vai dar uma de Hillary e entrar na corrida também.

    ResponderExcluir
  2. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 14:15

    O Bozonazista é tão filho da puta e escroto que ele está preocupado com a eleição na Argentina! O arrombado está com a faca e o queijo na mão, tem o povo pobre de direita nas mãos graças a lavagem cerebral promovida pelo astrólogo decrépito e ele fica com esse mimi e vitimismo insuportável! Isso é falta do que fazer, já que o bozonazi é um notório vagabundo que nunca fez nada na vida a não ser mamar nos cofres públicos. E sobre o candidato gay dos EUA, seria hilário se ele vencesse, só queria ver a cara de bunda do nosso presidente NAZISTA!

    ResponderExcluir
  3. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 14:17

    Se a grande Cristina Kirchner foi eleita, já até imagino os bolsominions e o velho gagá do Olavo alegando que as urnas foram fraudadas. Capaz que comecem a atiçar o povo argentino contra ela, disseminando teorias da conspiração. BOLSONARO, VAI CUIDAR DA SUA VIDA SEU VAGABUNDO!!!

    ResponderExcluir
  4. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 14:18

    É inacreditável o que o bozo está fazendo, querendo dar pitaco no país alheio. O capitãozinho bunda suja e frouxo ao invés de se preocupar com os desempregados brasileiros, está mais preocupado com a tal "ameaça vermelha" na Argentina. Tinha que dar uma surra nesse bolsonaro!! Uma voadora no peito e um chute nos dentes!

    ResponderExcluir
  5. Gostei dele como candidato mas meu apoio é pro Bernie!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hmmm, seu apoio ? Diga-me que tipo de "apoio" dará a candidatura do Bernie Sanders à presidência dos Estados Unidos.
      Estou curioso.

      Excluir
  6. O Bozo não faz a menor ideia do que é certo ou errado fazer no cargo. Ele está completamente perdido, embasbacado com tudo, e só continua no cargo porque os três bebezões dele estão tomando medidas - daquele jeito inteligente que já é a marca registrada da família - no lugar dele. O Bozo não manda nada, não preside nada. É só o palhaço de todos vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 16:46

      O Bozo é um lacaio dos EUA, e ele sendo burro e analfabeto político, acredita que promover a soberania nacional é coisa de comunista. Então tudo aquilo que for para "oprimir" a esquerda, ele o faz acreditando que isso não implicará em nada no país. Por exemplo, a entrega da base de Alcântara no Maranhão para os EUA foi de uma jumentice sem igual na história da política brasileira. E outra coisa que essa BESTA humana do Bozo erra, é acreditar piamente que o Israel é o "bastião do conservadorismo e dos bons costumes". Isso é cria da mente doentia do guru geriátrico e decrépito dele. Até o Nathaniel digo Netanyahu apoia a comunidade LGBT. Em Israel o aborto, a maconha são legalizados, e é o país aonde ocorre a maior parada gay do oriente. O Bozo e as olavetes apenas gostam de Israel como uma cidade bíblica, porque na real eles estão se lixando para os judeus. Semana passada um supremacista branco entrou em uma sinagoga em uma cidade americana matando algumas pessoas, não vi nenhum minion se pronunciando e criticando o cara. Mas é lógico, porque o sujeito não era islâmico, se fosse eles estariam disseminando seu ódio e preconceito generalizando que todo islâmico é "terrorista". E fora que a maioria dos bolsominions mesmo com bandeirinha de Israel no avatar(tudo pra fazer média com os judeus e disfarçar seu racismo) acabam sempre postando notícias de sites antissemitas acusando os judeus de quererem "destruir a cultura branca e cristã". O Bozo e os minions só enganam quem é trouxa!

      Excluir
  7. Se o Pete ganhar as primárias pelos Democratas, teremos mais 4 anos de Trump. Pode anotar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 18:54

      Os EUA precisariam do Sanders a candidato, ele é forte e tem carisma.

      Excluir
  8. Quem vai decidir é a rainha da Inglaterra.

    TODOS os presidentes foram parentes de maior grau com a família deles.

    Isso tudo é TEATRO pros "profanos" (que eles DETESTAM).

    ResponderExcluir
  9. E o Bozo cancelou a viagem a NY kkkk... e tem algum dia que este governo não passa vergonha? Por favor, se não tem condições intelectuais para o cargo, por que insiste?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orgasmo de Cavalo3 de maio de 2019 22:26

      O 01(Flávio Bolsonaro) anda sumido. Até agora não falou uma bosta nova no twitter. Já o Carluxo é um boca de latrina compulsivo, ele precisa falar alguma merda todo dia, seja no próprio twitter ou no do papai, piorando cada vez mais a imagem desse desgoverno podre e patético. E o Dudu Micropênis já passou da hora de postar alguma asneira. Mas o Carluxo por enquanto é imbatível, dos três irmãos ninguém fala tanta bosta como ele. Só espero que a "fraquejada" não puxe o pai e os três irmãos retardados. Tomara que a Laurinha adquira algum bom senso e empatia, porque nessa família, ninguém se salva. Até a Micheque já recebeu dinheiro sujo na conta dela.

      Excluir
  10. Talvez Pete esteja aspirando alguma candidatura a nível estadual em seu estado. A próxima corrida ao Senado em Indiana será em 2022, mas próximo ano tem corrida para deputado. Não há dúvidas de que Pete aspira ser o running mate do (a) candidato (a) democrata escolhido (a). Mas ainda acho, veja bem, acho, que Pete tem maior atenção em conseguir reconhecimento estadual, para tentar construir carreira com maiores saltos dentro de seu próprio estado.

    Ainda é cedo para saber quem será nomeada (o) para a candidatura presidencial democrata. Há um campo cheio de candidatos, as primarias iniciam nos primeiros meses do próximo ano, e daqui até lá há muita coisa para ocorrer. Biden sai como favorito no momento, apesar de ter perdido o timing político, seu momento exato era em 2016, mas o então vice-presidente preferiu se abster e não desafiar Hillary. Se tivesse desafiado Clinton, talvez Biden tivesse vencido, e talvez hoje fosse o ocupante da Casa Branca. Talvez não. Biden certamente teria derrotado Trump.

    ResponderExcluir
  11. Eu acho a palavra bicha ofensiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Problema seu. As palavras só são ofensivas se a gente quiser. Eu me apoderei de bicha e viado, uso-as sem parcimônia e não me incomodo a mínima com elas.

      Excluir
    2. Se um dia eu te encontrar na rua e me chamar de "bicha" ou "viado" eu faço um escândalo, te chamo de homofóbico e te processo.

      Excluir
  12. parabéns a todos que postaram sobre o FASCISTA Bolsonaro estamos em tempos difíceis mas na esperança de que ele venha a sofrer o impeachemant

    ResponderExcluir