sexta-feira, 10 de maio de 2019

ERAM OS DEUSES SUPER-HERÓIS?


Mais uma vez, fui dobrado pelo hype. Não estava no meu radar assistir a "Vingadores: Ultimato", porque eu não suporto filme de super-herói etc. etc. Mas aí o troço se tornou um fenômeno ainda maior do que o esperado, com uma bilheteria global que já superou a de "Titanic". Percebi que, se eu quero continuar sendo o árbitro definitivo da cultura pop, precisava encarar o filme. Para tanto, fiz a lição de casa: vi "Guerra Infinita" no streaming, já sabendo que metade dos personagens morre no final. Também fui para o cinema ciente de todos os spoilers, porque, né? Foda-se. E acabei tendo uma experiência menos desagradável do que imaginava. Agora que um ou outro Vingador pode mesmo bater as botas, os finais ficaram menos previsíveis. Fingi que eu estava vendo um filme sobre deuses contemporâneos, o que os heróis da Marvel de fato são. E cochilei gostosamente na sequência da batalha final. Prefiro as piadas e os diálogos - que, infelizmente, não são dos melhores da categoria. Agora sinto que a missão foi cumprida, e vou pular "Homem-Aranha: Longe de Casa", sem culpa.

7 comentários:

  1. Atenção. Spoiler: Tony Goes VAI assistir a "Homem-Aranha: De Volta ao Lar".

    ResponderExcluir
  2. Textinho cremoso de tão bom :)

    ResponderExcluir
  3. Na verdade "Homem-Aranha:de volta ao lar" foi o anterior. O próximo é "Spiderman: Far from Home", a aventura europeia de Peter Parker

    ResponderExcluir
  4. Filme de super heroi nao rola...

    ResponderExcluir
  5. Tony vc quase nao ve filmes LGBT, tenho um para indicar para vc e quero
    Ler suas criticas e comentarios. O nome do filme é Giant little ones.

    ResponderExcluir