quinta-feira, 16 de maio de 2019

É PRA ISTO QUE EU PAGO O EUROVISION

O Eurovision deste ano não produziu nenhuma música para entrar para os anais (ui). Mas quem é que vê Eurovision por causa da música, não é mesmo? A grande final, como sempre, será transmitida para o Brasil no sábado à tarde pela Televisión Española, mas dá para ver as semifinais e tudo mais no YouTube. Foi de lá que eu tirei esta fabulosa montagem dos mais de 60 anos de concurso.

Todo ano, mas todo ano MESMO tem pelo menos uma canção concorrente que mistura pop com canto lírico. A de 2019 veio, of all places, da Austrália, aquele pequeno principado encravado no coração da Europa. Mas o melhor mesmo é a performance com essas varas flexíveis que eu não sei como se chamam.
Outra coisa que tem todo ano é algum país da Europa do Leste se apresentando em trajes típicos. Dessa vez foi a Polônia, e até que a música não é das piores.

O português Conan Osíris trouxe a música mais esquisita do festival, e também a minha favorita. Mas seu desempenho em Tel Aviv não agradou à audiência: "Telemóveis" foi desclassificada. Ninguém entende nada de porra nenhuma.
Só para eu provar o que acabei de dizer: a candidata de San Marino passou para a grande final, mesmo com esse velho sem fôlego parecendo que ia morrer em cena. Só tem uma epxlicação. San Marino deve ter colocado toda sua gigantesca população de treze bilhões de pessoas para congestionar as linhas do Eurovision.
Mais ou menos uns 120% da plateia do Eurovision é composta por homossexuais. Para agradar a esta parcela do público, o festival sempre arranja uns moços bonitos para fingir que sabem cantar. Na semifinal desta quinta teve vários, e o meu destaque vai para Luca Hänni, da Suíça, e Chingiz, do Azerbaijão. A música do primeiro é atroz, a do segundo é melhorzinha. Ambos se classificaram. Ah, e atenção: bicha que não assistir à final vai ter a carteirinha revogada, porque Madonna vai se apresentar durante a contagem de votos. Vocês foram avisados.

17 comentários:

  1. Aiiiiiiii o bofe cantor do Azerbaijão acabou comigo!!!! Que gato!!!!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. O Eurovision sempre deu muita audiência na Austrália. O país foi convidado, meio de farra, para concorrer na 60a. edição do festival. A audiência subiu ainda mais, e desde então a Austrália se tornou um participante regular do evento.

      Excluir
    2. Acho que a Australia encara a participação do mesmo jeito que o UK. Vale só pelo trash mesmo (até porque eles não ganham nunca). A transmissão na TV é inclusive um capítulo à parte, com os apresentadores bocejando e chochando tudo do começo ao fim: os figurinos, músicas, coreografias, os países menos favorecidos, as letras das músicas com erros de inglês (sempre tem), e por aí vai. Acaba sendo até interessante assistir uma vez na vida a um programa de TV sem aquele monte de elogios falsos, onde todo mundo é lindo / interessante.

      Excluir
  3. Torçamos para uma performance do Azerbaijão sem camisa!

    ResponderExcluir
  4. Um país não pode votar em si mesmo, então a piada com San Marino não funciona, .)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a gigantesca comunidade sanmarinesa na diáspora, espalhada pelo mundo inteiro, que votou em seu próprio país.

      Excluir
  5. Sobre essas varas flexíveis, joga aí no YouTube União da Ilha 2014. Veio na comissão de frente. Numa performance mais interessante...

    ResponderExcluir
  6. O cantor de San Marino é turco. Deve ter tido grande votação dos imigrantes...

    ResponderExcluir
  7. conan osiris um artista para seguir atentamente

    ResponderExcluir
  8. O boy do Azerbaijão pode me mandar calar a boca o quanto ele quiser.

    ResponderExcluir
  9. O da Espanha também é um gato, mas a música é meio brega

    ResponderExcluir
  10. CADE BILAL HASSANI, a bee francesa de origem marroquina que representa a França?!

    ResponderExcluir
  11. Tony, e a música hardcore Hatrið mun sigra, do grupo Hatari da Islândia, com uma performance toda trabalhada no BDSM? Vai ser um escândalo!!

    Mas a minha torcida era mesmo para a Polônia (fofas) e Portugal, uma pena e um absurdo não terem ido para a Final. Conan Osíris muito interessante, escuta depois "Celulilitite" dele.

    ResponderExcluir
  12. Tony, recomendo ano que vem vc boicotar a transmissão da TVE e usar um VPN pra acompanhar pela BBC. Os comentários de Graham Norton sao im-pa-gáveis! A transmissão começou meio xoxinha, mas quando a água que serviram no estúdio começou a fazer efeito...

    ResponderExcluir