sexta-feira, 17 de maio de 2019

CRAZY GAY ASIANS

Viadagem é o que não falta no leste da Ásia. Tem os lady boys da Tailiandia, os mangás de BL (boy love) do Japão, os viadinhos de cabelo colorido do K-pop. Só que, em meio a arranha-céus futuristas e outras modernidades, falta uma coisinha básica: direitos para os LGBT. Hoje a região mais populosa do planeta deu um passo à frente, com a aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo em Taiwan. E não foi por decisão do Supremo nem decreto presidencial: foi por votação no Parlamento, que é pra minion não ficar de mimimi. E assim aumenta a lista de países civilizados do mundo. Uma lista da qual o Brasil talvez nem mais faça parte...

4 comentários:

  1. juntos e shallow now!

    ResponderExcluir
  2. Logo logo aparece um conservinha maluquinho falando que homossexualidade é um conceito ocidental que está sendo forçado goela abaixo nos pobres orientais. Os ideais coletivistas orientais chocam com o respeito à homossexualidade, que pressupõe a ideia de individualismo, que nasceu no ocidente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo ocidente q tem conservinha maluco contra homossexualidade, onde os movimentos civis das minorias começaram por meio de "riots" e de coletivos. E aí, como fica sua tese de q "ideais coletivistas orientais chocam com o respeito à homossexualidade, que pressupõe a ideia de individualismo"?
      Nick

      Excluir
    2. Os Estados Unidos proibiam "aidéticos" de entrarem no país até os anos 90s.

      A Organização Mundial de Saúde tirou o homosexualISMO como DOENÇA MENTAL só na mesma época TAMBÉM.

      Excluir