domingo, 26 de maio de 2019

A FOLIA DOS CUS PROLAPSADOS

Então vamos lá: as manifestações de hoje não foram avassaladoras, mas tampouco as ruas estiveram vazias. A minionzada (ou o que resta dela) está cantando vitória, enquanto a oposição diz que não foi lá essas coisas. Cada um faz a leitura que melhor lhe aprouver - faz parte. Na prática, não vai mudar nada: não foi um tsunami de gente suficiente para emparedar o Congresso, nem foi tão pouco para ser desconsiderado totalmente. A única coisa certa é que quem foi para a rua foi para defender miliciano, rachadinha, fuzil na mão de bandido,  apagão na educação, homofobia, orgulho da ignorância, desprezo pelo meio ambiente, Olavo de Carvalho, volta da ditadura, fechamento do STF e mais uma montanha de horrores. Não dá para separar essas pautas da aprovação da reforma da Previdência nem da moralização da política. São todos uns cuzões prolapsados mesmo, assim como todos que votaram no Mijari e ainda não se arrependeram.

8 comentários:

  1. Deve estar batendo um cagaço e uma dor-de-corno enormes de ver o povo na rua por uma causa que não é a sua. Este ainda é um país livre, a porta da rua é a serventia da casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que dói é ver tanto cuzão defendendo barbaridades. Tipo você, seu cuzão.

      Excluir
    2. Se eu for embora lá fora tem maçons escrotos, mas de outros naipes... E muito frio! O que que eu faço?

      Excluir
    3. Vc é tão babaca que nem se identifica. Seja essa massa de manobra mesmo. Continue assim.

      Excluir
    4. Cagaço? Dor de Cotovelo? Os termos mais adequados não seriam... Vergonha e Tristeza?

      Obs: "Brasil, ame-o ou deixe-o" é tão anos 70!

      Excluir
    5. 21:28 Você demonstra ter uma vida muito deprimente. Meus pêsames.

      Excluir
  2. Protestos a favor do governo com 5 meses de eleição? Deprimente, desnecessário ou desesperador ou tudo isso?

    A atenuada do discurso (+ Pacote anticrime + Reforma Previdenciária - Fechamento do STF e do Congresso - Armamento) possibilitou o negócio andar menos vergonhoso. Mas essas últimas pautas malucas estavam lá. E eu acredito (porque tenho fé na humanidade) terem sido a grande minoria.

    Em comparação às passeatas pela educação, não esqueçamos que estas ocorreram numa quarta-feira e são meio que um tema de adesão universal. Seja na Direita da meritocracia, seja na Esquerda filosófica.

    O que me acalenta no fenômeno (controverso) Bolsonaro é o que ele provoca. Eu jamais sonharia em ver no Brasil protestos pela educação. Isso sim é de dar orgulho!

    Falando em orgulho, ansiosissimo pela Parada Gay... Será que combina com a criminalização da homofobia?

    Na história sempre se dá um passo pra trás, depois, DOIS PRA FRENTE!

    :)

    ResponderExcluir
  3. Retrato completo e perfeito desse segmento da população que adotou a camiseta amarela: os manifestantes hoje tiraram, sob intenso aplauso, uma faixa da UFPR em defesa da educação.

    ResponderExcluir