segunda-feira, 29 de abril de 2019

VÍTIMAS DE ASSÉDIO

Quinta-feira passada eu participei de uma live nos estúdios da rádio Jovem Pan, aqui em São Paulo. Paula Carvalho, Amanda Garcia, João Guimarães e eu comentamos sobre as séries da Globoplay, durante uma transmissão ao vivo pelo YouTube. Mas o vídeo só saiu no sábado, por uma razão peculiar: as cenas de "Assédio" chamaram a atenção do robozinho da Globo, que nos bloqueou. Como não estávamos pirateando nada (na verdade, eu só falei bem do programa), fomos liberados. E aí, gostou da minha performance? E da minha camisa?

12 comentários:

  1. Orgasmo de Cavalo29 de abril de 2019 17:40

    A Rádio Jovem Pan se tornou o antro do reacionarismo babaca e preconceituoso. O Pânico na JP já era, não tem nem o Bola e nem a Amanda Ramalho mais. Naquela desgraça a bancada é quase composta só de nazi coxa puxa-saco do filho da puta do Bolsonaro e dos filhos playboys dele. E precisa ter estômago pra aguentar aquele boçal do Morgenstern com aquele cacoete "ããããã" e seu intelectualismo de araque citando autores que ninguém conhece e que nem ele mesmo nunca leu. A JP dos dias atuais, é como se fosse uma filial das aulas do astrólogo geriátrico Olavo de Carvalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A rádio joven pan sempre foi...lixo! De mãos dadas com a ditadura

      Excluir
  2. Orgasmo de Cavalo29 de abril de 2019 17:44

    A JP tem muito locutor reaça e babaca, são poucos os que salvam aquilo lá. O Villa é um dos poucos que tem coragem pra botar o dedo na ferida e esculhambar sem dó o astrólogo decrépito e o clã neonazista Bolsonaro. A Sheherazade acordou mas já era tarde, e hoje ela é uma Madalena arrependida tal como o Reinaldo Azevedo. Mas ambos possuem culpa no cartório, eles ajudaram a alimentar o monstro do neonazismo brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. Pensei a mesma coisa. Mal sabia o que tocava na JP até pegar um Uber em que o motorista estava escutando. A propaganda anti-PT agressiva, reacionária e distorcida ao extremo segue sem interrupção. Perto da JP, o MBL é uma organização honesta e de esquerda. Um horror.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orgasmo de Cavalo29 de abril de 2019 20:08

      O Pânico na JP então já era. É só o tempo para que aquilo se encerre. Até o Surita que antigamente tinha o senso crítico em relação a extrema direita, hoje acabou abraçando todas essas pautas reacionárias. Bons tempos aqueles em que não existia essa polarização política toda e o Pânico na JP era muito engraçado. Hoje naquela porra de programa só vão os discípulos do astrólogo decrépito e geriátrico do Olavo com seu intelectualismo de botequim. Olavo, vai tomar no cu seu velhaco geriátrico!!!

      Excluir
  4. Eu gostei da camiseta.

    ResponderExcluir
  5. Assisto todos os dias Os Pingos nos Is. Ótimo programa.

    ResponderExcluir
  6. não gostei da sua camiseta.

    ResponderExcluir
  7. Tony, Jovem Pan ? Não deu para recusar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulinha Carvalho é minha amiga e minha prima em terceiro grau. Ela que me convidou. E é ela que mais discorda do Caio Coppola. Eu não fui falar de política: fui falar de séries. E poderia ter ido falar de política muito bem. Ano passado eu fui no Brasil 24/7, lembra?

      Excluir