sexta-feira, 22 de março de 2019

A GAROTA BELGA


É improvável que um adolescente transexual cresça em um ambiente mais favorável do que Lara, a protagonista de "Girl". Ela conta com o apoio irrestrito do pai, a simpatia das colegas da escola de balé e um atendimento médico de primeira qualidade. No entanto, Lara sofre. No corpo, ao retirar os esparadrapos que escondem seu pau, e na alma, por que nem os países mais civilizados estão preparados para os trans. "Girl" representou a Bélgica no último Oscar, foi indicado ao Globo de Ouro de filme estrangeiro e ainda ganhou o Caméra d'Or, o prêmio para cineastas estreantes do festival de Cannes. Causou um teco de polêmica, porque o ator Victor Polster é cisgênero - o diretor Lukas Dhont disse que procurou muito, mas não encontrou uma trans que dancasseo suficiente. O filme, disponível na Netflix, é sensível, delicado e também um pouco chato. Nada acontece durante boa parte do tempo, e o final é dos mais abruptos. Mas qualquer história de transexual  conta pontos nesses tempos de obscurantismo.

14 comentários:

  1. Bélgica civilizado? A capital do terrorismo do mundo? Do Congo?

    ResponderExcluir
  2. O mais incrível é que essa transexual do filme é interpretada por um ator não transgênero. A caracterização ficou tão perfeita que a impressão que se passa, é que se trata de uma atriz transexual, e não é! E que linda é essa transexual, eu casava! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que ela parece uma das Branquelas.

      Excluir
    2. Mas não foi isso que o Tony falou...e você está informando isso...

      Excluir
  3. Muita linda essa garota transexual!

    ResponderExcluir
  4. Tony longe de mim querer entrar na banca das normalistas do blog que quando esgotam seus argumentos começam a atacar a ortografia de as e bs rsss Mas me diga. Não seria procuroU no lugar de procurO...
    ABS
    G-

    ResponderExcluir
  5. Tony decepcionada com este blog :
    quando você vai falar das fantasias sexuais de.Bolsonaro com seus aliados?
    Na globo ele falou com o Bonner de.casamento com Paulo Guedes, e agora falou de namoro com Rodrigo Maia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, é um bom assunto. E olha que o Bozo ainda é comedido: pior é o Olavo, que não consegue soltar um suíte sem falar em sexo anal.

      Excluir
    2. Nunca tive dúvida que Bolsonaro é gay

      Excluir
    3. Se ele for gay entro na primeira igreja de cura gay e saio de lá falando que me curei...

      Mas pensando bem...Ele me lembra o Mazzaropi e todo mundo sabe da Tia que inclusive nos hard times (duros tempos no iNdiomas estadosunidenses) nos legou um cinemão.
      G-

      Excluir
    4. Tony, existe um boato de que o astrólogo geriátrico Olavo de Carvalho teria tido um caso com um argentino na época da Seita Tradição. Só que o bofe do Olavo abandonou ele, e dizem que desde lá que ele se tornou extremamente rancoroso. Todos esses homofóbicos que não saem do armário, acabam se tornando pessoas prepotentes e intolerantes, vide o Carluxo. O 02 do Bozonazi até queria sair do armário e assumir seu romance com o primacho mas o papi dele não aceitaria. Pro Carlos é mais confortável ficar no armário e ganhar atenção do papi.

      Excluir
  6. Assisti por conta de sua indicação. Não sei bem o que fazer do filme. O tema é interessante etc etc, mas ele é tão “blah”...

    ResponderExcluir