domingo, 24 de fevereiro de 2019

SEQUESTRO NÃO-RELÂMPAGO


Já vi cinco filmes do iraniano Asghar Farhadi e só gostei para valer de um: "O Passado", que ele rodou na França, mas com personagens oriundos de seu país. Seu último longa, "Todos Já Sabem", foi feito na Espanha, em parte porque há situações que jamais poderiam acontecer no Irã. Uma mulher (Penélope Cruz, melhor do que nunca em todos os sentidos) vem com seus três filhos da Argentina para seu pueblo, para o casamento da irmã. Reencontra o ex-namorado (Javier Bardem, que parece mais gordo a cada cena), mas tudo de boas: ambos estão casados e felizes com outras pessoas. A festa é uma delícia, filmada daquele jeito que dá vontade de entrar nela, mas termina mal. A filha mais velha da mulher desaparece, e logo aparecem mensagens pedindo um resgate de 300 mil euros. Aí, o ritmo despenca e o espectador é obrigado a participar da agonia da família, em que o tempo para e o desespero só aumenta. A chegada de Ricardo Darín como o marido argentino na segunda metade do filme dá uma reanimada, e então surge o tal do segredo que todo mundo meio que já sabia. É nisto que mora o defeito do roteiro de Farhadi: ele pensou em uma situação de fora para dentro, sem desenvovler direito os personagens, e a revelação do mistério não abala nenhuma estrutura. "Todos Já Sabem" abriu o festival de Cannes do ano passado e chegou a ser cotado para representar a Espanha neste Oscar, mas também recebeu um brumadinho de críticas negativas. Não é horrível, tem momentos bem interessantes, mas fica bem aquém do que se esperava de um diretor que já faturou um Urso de Ouro e dois Oscars.

3 comentários:

  1. Pelo nome do titulo acho que o segredo não era pra ser tao segredo assim mesmo... Kkkkk

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Se foi isso que entendi, esqueça os comentários sobre o filme é se prepare para a enxurrada de politicamente correto sobre brumadinho. Eu mesmo ainda não tenho opinião formada sobre o uso mas me choquei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei estranho mas não iria comentar... olha ae, já comentaram!
      Kkkkkkkk

      Excluir