sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

EXCELSO CELSO

Dizer que o discurso de Celso de Mello foi épico é pouco. O decano do STF fez uma brilhante defesa da criminalização da homofobia, expôs Damares Alves ao ridículo e ainda usou a palavra "weltanschauung", para desespero dos boçais. Agora o julgamento só será retomado na semana que vem, e nada garante que o resultado será positivo. O vice Mourão já expleiu que "não há urgência", como se quem já esperou dez mil anos pudesse esperar mais um pouquinho. E nossos inimigos caíram na armadilha: alegando defesa da liberdade de expressão e religião, eles estão se revelando os crápulas que de fato são. Pode ser que não dê em nada, mas o simples fato do Supremo estar discutindo este assunto mostra que a "pauta de costumes" tão sonhada pelos evanjas não terá vida fácil. Amém.

10 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    É ISTO MAN!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando Bozo colocar ministros do naipe da Da mares para legislar achem ruim

      Excluir
    2. Interessante que nesses momentos a Comunidade LGBTI+ se torna Comunidade LGBTI+ e todas picuinhas de Classe, Gênero e Raça acham seu lugar e ficam na miudinha aguardando o resultado e querendo o mesmo resultado.
      Além disto ser bastante revelador deveríamos aprender a nos respeitar mais como Grupo e nos tratarmos e nos amarmos mais como uma comunidade que de fato essas horas revelam que somos.
      G-

      Excluir
  2. O principal jornal aqui do Rio Grande do Sul, Jornal do Almoço da RBS, filial da Globo, fez hoje uma matéria sobre a evolução do número de casamentos homoafetivos no estado desde que os cartórios passaram a ser obrigados a realizá-los. A reportagem aproveitou para mencionar as discussões que estão acontecendo em Brasília no que diz respeito aos direitos LGBT. Matéria importante e esclarecedora na semana que nossas pautas estão sendo discutidas na hora em que a família tradicional gaúcha se reúne à mesa para almoçar.

    ResponderExcluir
  3. Bolsonaro só quer se livrar da emergência da aprovação da reforma da previdência pra ir atrás do que realmente é caro a ele :
    a pauta de costumes.
    Ou seja, esse governo ainda não começou pra nós. Tempos ainda mais sombrios se avizinham.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só vão deixar porque são PASSIVONAS!!!

      "MARICONAS!"

      Como bem dizem os travestis com ANUS de prática.

      Não com um filho daqueles.

      Excluir
    2. Ai.... fala sério! Ainda bem que sou velho. Mas nas próximas eleições, vou votar e fazer propaganda pra esquerda. Quero q vença! Aí, sim seus babacas! Quero ver!!!! Idiotas!

      Excluir
  4. O STF às vezes é um contraponto ao antro do retrocesso que é nosso Congresso Nacional. Porém fico com um pé atrás em relação ao Supremo ocupar o espaço de legislar. Imagina se o Bolso enche a Suprema Corte de juizes leais e estes fazem o mesmo, legislando como juízes e jogando o país de vez na idade média. A separação de poderes existe para evitar coisas como essa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 27;55 A revogação da PEC da bengala é só pra isso.

      Excluir
  5. Aí me dá asco qq coisa relacionada à Brasília tempos sombrios como esses...affeee

    ResponderExcluir