terça-feira, 15 de janeiro de 2019

SEM SAÍDA

"Brexit means Brexit", insistia Theresa May, logo após o plebiscito que derrubou David Cameron e a levou para Downing Street. A então recém-empossada primeira-ministra sempre foi contra a saída do Reino Unido da União Europeia, mas jurou que iria respeitar o resultado das urnas. Quase três anos depois... o Brexit está uma mess. Ninguém se entende e cresce o movimento por uma nova consulta popular. Mas aí cabe a questão: a democracia não estaria sendo aviltada? O povo já não foi claro? Não dá para fazer como o saudoso Eduardo Cunha, que punha e repunha uma matéria em votação no Congresso até ela ser aprovada como ele queria. Só que a campanha de 2016 foi a primeira em que bots e fake news tiveram um papel crucial. Os britânicos foram desinformados sobre as consequências da saída da UE. Caíram na esparrela armada pela Rússia, que tem todo o interesse em enfraquecer a Europa (e agora quer que o Trump faça os EUA deixaram a OTAN, veja só). Sabendo disso, acho que a única saída é mesmo um outro plebiscito. E torcer para que a razão vença dessa vez.

14 comentários:

  1. Olá, minion querido! Nem perca seu tempo mandando seu comentário escrotinho, porque meu blog não é plataforma de fake news.

    Beijo do gordo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se este espaço fosse sério, publicaria o "comentário escrotinho" e exporia a suposta fake news, confere?

      Excluir
    2. Bye bye De Fun (never fun actually)

      Excluir
    3. 19:46: este espaço nunca foi sério.

      Excluir
  2. Eu acho que, se fizerem um plebiscito, o Brexit ganha de novo. O povo, no geral, é e sempre será besta. Como ainda não começou a sofrer as consequenciais desse ato, não vai mudar de opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos já estão sofrendo. A Unileve, por exemplo, demitiu milhares de pessoas e transferiu sua sede para Rotterdam. O mesmo está acontecendo com outras empresas. O triste é que essas empresas estão, na maioria, localizadas nas grandes cidades, que votaram CONTRA o Brexit.

      Excluir
    2. Isso é pouco. Precisa de mais sofrimento. Lá, como aqui. O povo só vai notar a merda feita depois que ela ja virou uma mancha que não sai mais.

      Excluir
    3. Nós bem sabemos que pela merda de muitos, pagarão todos.

      Excluir
  3. Por onde começar.... teresa may : essa filha de uma puta, com o corpo deformado, sempre foi uma desgraça , acabou de sofrer a maior humilhação , está acabada e sempre será lembrada como a pior primeiro ministro do UK!!!
    Quanto ao seu argumento sobre o referendo: nos anos 70 houve um referendo e o resultado foi a favor de ficar no UE então porque esse referendo de 2016? Porque ficou inválido o primeiro referendo e o segundo terá que ser respeitado? Nao faz sentido, não é mesmo?
    Porque UK está uma merda nunca vista? Por culpa desse referendo!!! Então ...

    ResponderExcluir
  4. Deixar o povo decidir diretamente questão tão sensível é de uma imbecilidade sem tamanho....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se os políticos não fossem de uma imbecilidade sem tamanho que trabalham para grupos econômicos espertos. Acorda bela adormecida

      Excluir
  5. Mas vai ser tao ruim assim para o Reino Unido sair da UE? Um argumento favorável ao Brexit é o de que os burocratas de Bruxelas metem demais o bedelho na soberania nacional britânica e o povo orgulhoso de lá, afinal já foram potência mundial, não aceita bem essa interferência externa

    ResponderExcluir