quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

O VOTO-RICOCHETE

Durante a campanha eleitoral, discuti com vários amigos gays que iriam votar no Bozo (e rompi para sempre com a maioria). Alguns me garantiam que nããão, quando o capitão reformado for eleito, ele não irá perseguir a bicharada nem concretizar nenhuma das barbaridades que vive dizendo. É tudo da boca pra fora, me juravam. É só marketing. Eu já acho o simples fato de falar barbaridades imperdoável, por melhor que fosse o programa do Bonoro (se houvesse um programa, é claro). Aí, adivinha o que aconteceu? No SEGUNDO dia de seu governo, Solnorabo já assinou uma MP que altera as diretrizes da proteção aos direitos humanos promovida pelo ministério comandado por Damares Alves. O novo texto cita a mulher, a criança, o adolescente, o idoso, o índio, o negro e os deficientes físicos, mas não faz nenhuma menção aos LGBT. Sem falar que Ricardo Vélez, o ministro da Educação escolhido pelo Olavão e aprovado pela bancada teocrática, já desmontou a Secretaria da Diversidade. Gostaria de parabenizar, outra vez, todos os gays que apertaram o 17. Tomara que vocês sejam os primeiros a morrer.

38 comentários:

  1. Lembrando que se a situação piorar( e eu rezo que nao) os bolsominions vao ser os primeiros a fugir para Miami.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O consolo que nos resta é o tratamento que eles terão na chegada. Os muito ricos se safarão, claro. Mas a classe média alta com ares de petite bourgeoisie? Nos EUA vão ser recebidas pelo Trump, sua politica migratória altamente reacionária e a realidade dura que a época de ir para os EUA e fazer fortuna como pedreiro / faxineira acabou. Na Europa mesmo com um passaporte europeu é o drama de conseguir um emprego muito inferior ao que se poderia obter no Brasil, progressão de carreira à velocidade de lesma, custo de vida alto, choque cultural e a xenofobia gostosa desse povo tão receptivo daqui - sem passaporte europeu a unica possibilidade viável é ralar muito para conseguir um mestrado por essas bandas e passar por todo o perrengue citado acima.

      Excluir
    2. Exato, Fernando. Essa ideia de que migrar para os EUA é possível não passa de uma fantasia...visto de investimento é de 500 mil a 1.000.000 de dólares nos EUA. Processo burocrático e complicado. Só rico mesmo.

      Excluir
    3. Caro João, 1kk de doletas é dinheiro de pinga. Minha irmã mais nova gastou U$300k só na festa do casamento dela. Sinto por sua vida dura.

      Excluir
    4. Sempre me divirto com essas anônimas "milionárias" que baixam por aqui... Tão phynas elas nean...

      Excluir
    5. Parabéns para a sua irmã, que deve andar de carro blindado com vista pra selva de pedra e sem calçada. Beijos da Califórnia.

      Excluir
    6. Ps - nada mais novo rico, emergente e sem classe do que colocar valores e se gabar deles. Bem típico de uma classe alta cujos antepassados fugiram de uma Itália ou similar pobre e que se acha bem sucedida.

      Excluir
    7. Ps2: o pobre de direita não tem patrimônio de 4 milhões de reais.

      Excluir
  2. Não vai adiantar, os minions vão dizer que são necessários alguns "sacrifícios" em nome do "bem maior", que não dá para ficar "olhando para o próprio umbigo" nesse momento etc. Como se a simples menção aos direitos LGBT fizesse algum efeito deletério para a retomada do crescimento. Pelo contrário, vai é espantar o pink money.

    ResponderExcluir
  3. Hoje assisti num vídeo que essa situação trágica é originária da PTfobia patológica da mídia phyna e pobrefobica. É o karma que terão que pagar por Lula estar preso, Dilma impichada, e um cardume de tubarões peso pesado estarem soltos. (nao foram bem essas palavras). Fabricaram a PTfobia e perderam o controle do monstro, agora não sabem o que fazer com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda o link, please!!!

      Excluir
    2. PTfobia???? Ai, que ótimo! Já temos um nome!!!! Adorei!!!!!

      Excluir
    3. Mas e pra elxs assumirem isso???
      G-

      Excluir
    4. Tanto é que eles não conseguem supor oposição que não seja petista...a bandeira do Brasil vermlha esta no mesmo balaio do kit gay e da mamadeira de piroca...

      Excluir
  4. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣
    Essas bichas são infelizes, Tony!
    Cuide de seus amigos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobreza material não e sinônimo de infelicidade... As sociedades mais ricas (materialmente) são os que mais se suicidam.

      Excluir
    2. Mito! Tem muito suicídio no Brasil também.

      Excluir
  5. Tony, onde foram parar as aulas de interpretação de texto, dear????? Kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. O Mio Babbino Caro
    Tenho comigo que uma amizade está muito além de um posicionamento político eitoral. Por melhor ou pior que sejam as partes envolvidas. Uma amizade engloba a envoltória do humano do sorriso para o que vem do outro lado da rua a saída do cinema o lugar na igreja o encontro no corredor a porta de casa quando se abre e esta lá a pessoa que dispensa especulação ou explicação de o que é a vida.
    O que vivemos nesse momento politico são as verdades e as realidades das pessoas que se cansaram de se esconderem. Elas se entorpeceram e opcionalmente não deram atenção para tudo aquilo que vinha sendo dito e acontecendo. E apostaram que para elas tanto faz. Politica de inclusãoo de respeito de Direitos...de Cultura ou Cidadania. Direitos Humanos então era piada pronta...Pessoas que acreditam que se bastam e que podem viver
    muito bem independente de tudo isso. E para encerrar esse show "elegolétrico" Entre o horror do 13 e o casuismo retrógrado do curso da história lançou-se mão do 17.

    ResponderExcluir
  7. A retirada da sigla LGBT do texto vai servir para secar a fonte de recursos das ONGs e dos militantes que fizeram campanha contra o "Bozo". Esperavam o quê?

    ResponderExcluir
  8. Ricardo Rocha Aguieiras3 de janeiro de 2019 05:52

    A esquerda é uma merda. A direita, idem. Nenhuma presta, assim como não presta nenhum pensar dicotômico e dualista. Apesar desse pensar limitado ser confortável e não exige maiores esforços. As contradições humanas são muito mais que dois lados. Porém, como minoria social, gay e soropositivo, eu agora só quero saber quem irá me ajudar a conseguir meus remédios, já que o poderoso falou que "não se importa com isso". Ele está a um passo de acabar com a distribuição gratuita de antirretrovirais. A tal esquerda vai me ajudar? Ou a direita? É... Sei na pele que essa discussão não interessa a ninguém, não é ideologia confortável e nem cria confronto entre o "bom" e o "mal". Então, vire-se Ricardo. Não traga seus problemas pessoais para cá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo, eu não sei se entendi direito o teu comentário. E realmente fico muito triste pela situação na qual você pode se encontrar. Mas discordo que essa "discussão" não cria confronto entre o "bom" e o "mal". Os governos de "direita" e de "esquerda" precedentes garantiram esse direito à você. Reclame o que quiser do SUS, mas em muitos aspectos ele funciona - e a politica para AIDS é referência mundial. Esse governo de extrema-direita é que quer tirar esse direito de você.

      Excluir
    2. Gente, vamos parar de drama? As patentes de quase todos os antirretrovirais já foram quebradas. Custam uma merreca pro governo. Seria muito mais caro se as bichas deixassem de de ser "não detectáveis" e começassem a carimbar os pai de família tudo.

      Parem, please.

      Excluir
    3. O que você está propondo é crime.

      Excluir
    4. Acho que o anon aí não propôs nada. Só constatou que se o governo interromper o tratamento das bees, o vírus vai se espalhar ainda mais.

      Excluir
    5. Não importa. Mesmo nos governos de direita (que é o que o Brasil SEMPRE TEVE e é essa BOSTA que é), isso sempre foi assegurado para os "aidéticos". (Bom o Brasil não é super bosta porque DESDE SEMPRE foi considerado exemplar na ajuda para "aidéticos" no mundo... TUDO graças ao nosso famoso "jeitinho".)

      Agora se acabar a culpa toda será somente e tão somente desse IMBECIL. O culpe e lembre a TODOS os seus eleitores que voce teve seu tratamento de saúde ASSEGURADO POR TODOS OS GOVERNOS BRASILEIROS.

      MENOS O DESTE IMBECIL!!!

      SE ele for imbecil suficiente de fazer essa cagada HISTÓRICA.

      Excluir
  9. O problema é que boa parte da bicharada bolsominion é tão rasa quanto foi o discurso dele em relação às políticas LGBT. Ele simplesmente, em momento algum, falou especificamente desta sigla. Nada me tira da cabeça que até essa atenção toda que estão dando à primeira dama é maquiagem para o que está por vir. Um governo militarizado, essencialmente evangélico, com intenções disfarçadas num texto que boa parte das pessoas não tem intelecto para alcançar.

    ResponderExcluir
  10. Como se a presidência desse cara fosse culpa do povo e não dos rentistas -risos-

    ResponderExcluir
  11. Passei pelo mesmo Tony, excluí muitos viados das minhas redes sociais e da minha vida pois defendiam o Abominável Bozo e se recusavam a ver tudo isso que já era muito claro. O pior é que continuam cegos mesmo agora em que tudo começa a se tornar fato. Quem conhece a história sabe o que nos aguarda. Como disse Cazuza "Eu vejo o futuro repetir o passado, vejo um museu de grandes novidades".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas e a humildade para reconhecer que serviram de otários se bem que uma parte refletem a inabalável LUTA DE CLASSES não seremos cínicos.

      Excluir
    2. Eu parei de ir em família. Esse natal passei sozinho em PROTESTO!!!

      Acho um ABSURDO votar num cara que fala que tem que "bater em filho para ele não virar viado".

      UM ABSURDO. E espero que nenhuma das crianças deles sejam gays.

      Um tio meu votou no Bolsonaro (pelo que me falaram) e tem DOIS filhos gays!! Quero conversar com um deles para ver se entendo...

      Falo "oi! tudo bem?" e pronto! ACABOU!

      Acho certíssimo o que fez o PT e o PSOL.

      Excluir
  12. No segundo dia, bicho. Eu já era pessimista e fui surpreendido

    ResponderExcluir
  13. Falo apenas pela minha perspectiva pessoal: as lésbicas que convivo são as piores, sem generalizar... mais da metade das que conheço votaram 17.. provavelmente acharam que isso as tornaria “machas”... o problema das lésbicas é que repudiam a causa da Marielle (lésbica) para se identificarem com o que há de pior e mais grotesco e vulgar na masculinidade. importante ressaltar, que falo apenas das sapas do meu convívio pessoal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os gays do brasil são HORROROSOS.

      Tão ridículos quanto os "amigos" do Sónabolsa: Bispo Macedo, Feliciano, Magno Malta, Malafaia, etc...

      Coisa de SBT pra lá...

      O Brasil é um horror! Tenho CERTEZA que os extraterrestres tem MUITO SENSO DE HUMOR em ter me posto para encarnar nesse "samba do crioulo doido" que é esse manicômio em forma de "país"!

      Excluir
    2. Gente, BEM MENOS com a generalização. Somente 29% dos gays votaram no Bolsonaro (segundo uma pesquisa do Datafolha de 25 de Outubro). Sim, deveria ser zero, mas unanimidade no Brasil de 2018 meio complicado.

      Excluir
    3. Alias, o que é feito daquele Rommel Werneck, o gay de direita vitoriano daquela matéria da Istoé? Sera que ele esta contente? :)

      Excluir
    4. Eu estou falando de muiiiiiiiiito antes do Bolsonaro!

      Eu tenho contato com a militância gay brasileira, muiiiiiiiiiiito antes de começar a postar nesse blog!

      VOCES NÃO SABEM DE NADA!!!!

      (Acha que os maçons não me mataram AINDA PORQUÊ??? Acha que sou bicha PASSIVONA que nem TUDO VOCES???)

      Excluir
  14. Não vale a pena brigar , por esse tipo de viado ,serão os primeiros a serem apedrejados em praça pública.

    ResponderExcluir